Aprender Árabe de Marrocos

Aprender Árabe de Marrocos

Mesmo nas melhores condições possíveis, aprender um idioma pode ser algo que requer trabalho e tempo.

Se conseguir ligar força de vontade com organização de trabalho conseguirá de uma maneira eficaz aprender árabe de Marrocos e obterá resultados muito gratificantes.

Aprender a comunicar com as pessoas de Marrocos é uma experiência única que abrirá portas e corações das suas gentes acolhedoras e simpáticas.

Aprender árabe pode conseguir-se. É possível.

O árabe marroquino é chamado de “darija”. Não esqueça pois vou utilizar esta expressão várias vezes ao longo deste curso de árabe.

Sem dúvida que como aprender a lingua árabe em Marrocos é mais fácil do que aprender no seu país, pois se estiver em Marrocos está rodeado pelo idioma e é mais fácil aprender por escutar.

Nestas página terá de uma maneira prática, lições para aprender árabe online de maneira que poderá comunicar e falar marroquino e argelino. Estas lições não são de árabe de outros países como Egipto, Arábia Saudita ou Palestina.

O árabe marroquino e argelino são muito específicos e diferentes dos outros dialectos árabes.

Lição 1 – Começar a falar árabe, introdução e saudações

Lição 1 - Começar a falar árabe - Introdução - Saudações

Lição 1 – Começar a falar árabe – Introdução – Saudações

Objectivos: no fim deste capitulo você conseguirá cumprimentar pessoas e apresentar-se;

usar pronomes independentes para fazer frases simples;

usar pronomes possessivos para indicar posse;

distinguir entre masculino e feminino.

Aspectos culturais: Saudações e cumprimentos são muito importantes na cultura marroquina.

Uma saudação em Marrocos não pode ser comparado com o simples “olá” português.

Porquê?

Porque leva tempo para que duas pessoas troquem várias perguntas e respostas que os interessa acerca deles, tal como perguntar como está a família e falar da vida e do dia-a-dia.

Aperto de mão em Marrocos

Aperto de mão em Marrocos para cumprimentar um homem

As saudações mudam um pouco de região para região de Marrocos, quer nas perguntas em causa, quer nas maneira de se cumprimentar como dar um aperto de mão, dar beijos, beijar a mão e pôr a mão no coração depois de dar um aperto de mão.

Se você cumprimentar um grupo de pessoas, então deverá cumprimentar todos da mesma maneira como cumprimentou o primeiro. Não fique surpreso se você for cumprimentado por um amigo mas ele não o apresenta a um outro amigo com quem fala ao mesmo tempo.

Também não se surpreenda de estar num grupo e não for cumprimentado como todos os outros, alguns marroquinos são tímidos para cumprimentar um estrangeiro.

Também não é necessário de dar uma informação detalhada de como você se sente durante a saudação, normalmente só uma resposta simples é esperada. Por exemplo – “como está?” deve ser respondida só com um “estou bem obrigado, graças a Deus”.

Expressões de saudação e respostas adequadas

Bom dia em árabe, lingua árabe Marrocos

Bom dia em árabe, lingua árabe Marrocos

OLÁ

Pergunta: Que a paz esteja sobre vós - salamu aleikum

Resposta: E sobre vós a paz – wa aleikumu salam (o som do wa lê-se uá – o w tem o som de w como em William)

BOM DIA

Pergunta: Manhã de bem – sbah alkhair (o som do kh lê-se rr – o r tem o som de r como em carro)

Resposta: Manhã de Luz – sbah annur

BOA TARDE

Pergunta: Tarde de bem – msa alkhair (o som do kh lê-se rr – o r tem o som de r como em carro)

Resposta: Tarde de bem – msa alkhair

Vocabulário útil para as saudações

como te chamas? - shnu smitk

como te chamas? – shnu smitk

  • como te chamas? – shnu smitk
  • o meu nome – smiti…
  • o teu nome – smitik…
  • o nome dele – smitu…
  • o nome dela – smita…
  • prazer em conhecê-lo – mtsharfin
  • como está? (para homem) – ki deir?
  • como está? (para mulhere) – ki deira?
  • tudo bem? – labas?
  • tudo bem contigo? – labas alik?
  • u nta? – e tu?
  • estou bem, graças a Deus – labas, alhamdulilah
  • estou bem, graças a Deus – birrér, alhamdulilah
  • está tudo bem obrigado – kulshi birrér baraka laufik
  • adeus – bislama

Diálogo básico de saudação em Marrocos

Arabe Online - Diálogo básico de saudação em Marrocos

Arabe Online – Diálogo básico de saudação em Marrocos

João: salam aleikum

Mohammed: wa aleikumu salam  (o som do wa lê-se uá – o w tem o som de w como em William)

João: ki deir?

Mohammed: labas, hamdolilah, u nta la bas alik?

João: birrér, hamdolilah, baraka laufik

Mohammed: snu smitk?

João: smiti João, u nta?

Mohammed: smiti Mohammed

João: mtsharfin

Mohammed: mtsharfin

Pronomes pessoais em árabe marroquino

Pronomes pessoais em árabe marroquino

Pronomes pessoais em árabe marroquino – Nós

Os pronomes pessoais são aqueles que designam uma das três pessoas de um discurso.

Eu – ana

Tu (masc.sing.) – nta

Tu (fem.sing.) – nti

Ele – huwa  (o som do wa lê-se uá – o w tem o som de w como em William)

Ela – hiya

Nós – hna

Vocês – ntuma

Eles – huma

Nota: quando os pronomes pessoais são seguidos por um nome ou adjectivo não é necessário utilizar o ver “estar / ser”. Já está implicito, e uma frase simples pode ser feita usando um pronome pessoal junto com um nomes ou adjectivo. Por exemplo: “Eu sou professor” – em árabe marroquino seria – “ana ustad”, ou seja, não se usa o verbo.

Pronomes possessivos em árabe marroquino

Pronome possessivo é o tipo de pronome que indica a que pessoa do discurso pertence o elemento ao qual se refere. Casos de pertença e possessão. Em darija pode ser adicionado um sufixo (um final) no final das palavras para expressar possessão.

Meu – i /ya

Teu – k

Dele – u / h

Dela – a

Nosso – na

Vosso – kum

Deles – hum

Nota: no caso de “meu” e “dele”, o final varia tendo em conta se a palavra acaba com vogal ou consoante. Ou seja, usa-se o final “i” se a palavra acabar com uma vogal, e, “h” se a palavra acabar com uma consoante. Por exemplo, “smiti” (o meu nome), mas khuya (o meu irmão).

Exemplos dos pronomes possessivos em darija com o nome “livro”:

Pronomes Possessivos - Livro

Pronomes Possessivos – Livro

livro – ktab

o meu livro – ktabi

o teu livro – ktabk

o livro dele – ktabu

o livro dela – ktabha

o nosso livro – ktabna

o vosso livro – ktabkum

o livro deles – ktabhum

Nomes masculinos e femininos

Nomes masculinos e femininos

Cidade em árabe – nome feminino

Na lingua árabe, todos os nomes são ou masculinos ou femininos. Em geral, os nomes que acabam com um “a” são femininos.

Por exemplo: “nome” – smiya; “cidade” – mdina; “galinha” – djaja; “televisão” – tlfaza.

A forma feminina é construída a partir do masculino (para nomes que indiquem profissões ou participios), adicionando “a” ao final da palavra.

Por exemplo: “professor” – ustad; “professora” – ustada.

Algumas palavras sem “a” também são femininas. Alguns nomes próprios e palavras que são já pela sua natureza de cariz feminia.

Por exemplo: “mãe” – om; “Amal (nome de mulher) – amal.

Também, a maior parte das partes do corpo que se digam separadamente são femininas.

Por exemplo: “olho” – ain; “mão” – yd; “pé” – rjl; “orelha” – udn.

Há ainda um pequeno número de nomes que não se encaixam nas categorias anteriores, mas, continuam a ser femininos.

Por exemplo: “a casa” – dar; “o Sol” – shms.

Lição 2 – Saber descrever-se

Lição 2 - Saber descrever-se

Lição 2 – Saber descrever-se

Objectivos: no fim deste capitulo você conseguirá perguntar e responder acerca de nacionalidades, cidades e estado civil;

usar o pronome possessivo dyal para indicar possessão ou pertença;

usar pronomes demonstrativos e adjectivos em frases simples;

fazer perguntas cerca de possessão.

Aspectos culturais: Tente não perguntar acerca da idade ou do salário das pessoas, especialmente a mulheres. Os homens devem evitar fazer perguntas acerca das mulheres ou companheiras de alguém, isto pode ser visto como de interesse inadequado para a conversa. As pessoas nem sempre lhe farão conversa acerca do seu trabalho outros aspectos pessoais mesmo quando perguntado. Conversas acerca de religião e política pode ser um assunto que nem todas as pessoas se sentem à vontade para desenvolver uma conversa ou discussão.

Nacionalidade, cidades e estado civil

Como se diz

Como se diz “De onde és” na lingua arabe

De onde és (homem)? – mnin nta?

De onde és (mulher)? – mnin nti?

Portugal – l-burtughal ou também se pode dizer l-burtqiz

Brasil – l-brezil

Sou de Portugal – ana mn l-burtqiz / ana mn l-burtughal

Sou do Brasil – ana mn l-brezil

Sou português – ana burtqizi / ana burtughali

Sou portuguesa – ana burtqiziya / ana burtughaliya

Sou de Marrocos – ana mn l-maghreb

Sou marroquino – ana maghribi

Sou marroquina – ana maghribiya

És…? – wesh nta / nti… ?

És de Portugal? – wesh nta mn l-burtughal?

És do Brasil? – wesh nta mn l-brezil?

E tu? – u nta / u nti (masc./fem.)

Cidade – mdina

Região – wilaya

grande – kbir / kbira (masc./fem.)

pequeno / pequena – sghir / sghira

Desculpe – smh li / smhi li (masc./fem.)

Eu não sou… – ana mashi…

Mas – welakin

Noivo – mkhtuba

Casado / casada – mzuwj / mzuwja

Não, ainda não – l-la mazal ou também l-la baqi

Você é turista? – wesh nta / nti turist?

Diálogo básico para se descrever

 Arabe Online - Diálogo básico para perguntar a idade

Arabe Online – Diálogo básico para perguntar a idade

Fátima: salam aleikum

Pedro: wa aleikumu salam  (o som do wa lê-se uá – o w tem o som de w como em William)

Fátima: smh li, wesh nta fransawi?

Pedro: lá, ana burtughali

Fátima: mnin f burtughal?

Pedro: mn mdina Braga. U nti?

Fátima: mn Rabat

Pedro: Shal f umrk?

Fátima: tnayn u ashrin aam. U nta?

Pedro: rbaa u tlatin aam.

Fátima: Wesh nta mzuwj wlla mazal?

Pedro: mazal. U nti?

Fátima: lla, baqiya. Wesh nta turist?

Pedro: ii-ê, ana turist.

Fátima: bslama?

Pedro: n-shufk mn baád.

A Palavra “dyal” para descrever possessão ou pertença

O livro é meu - Curso de Árabe

O livro é meu – Curso de Árabe

Em árabe marroquino você já notou nos exemplos em cima, que descrever possessão ou pertença se pode fazer simplesmente adicionando um sufixo de pronome possessivo no fim da palavra.

Há ainda outra maneira muito comum que é a palavra “dyal”. Esta palavra é colocada a seguir ao nome com o artigo definido.

Veja os exemplos:

Usando o pronome possessivo

Livro – ktab

O meu livro – ktabi

Usando “dyal”

O livro – l-ktab

O meu livro – l-ktab dyali

O livro do João – l-ktab dyal João

Aqui tem uma lista com “dyal” e todas as expressões com os pronomes pessoais no fim

meu – dyali

teu – dyalk

dele – dyalu

dela – dyalha

nosso – dyalna

vosso – dyalkum

deles – dyalhum

Exemplo: a caneta é minha – had s-stilo dyali; esse tapete é teu – dik z-zrbiya dyalk.

Pronomes demonstrativos

Isto é uma cadeira – hada kursi

Isto é uma cadeira – hada kursi

Os pronomes demonstrativos apresentam a posição de um elemento qualquer em relação às pessoas do discurso, ou seja, situa-as no espaço, no tempo ou no próprio discurso.

Os pronomes demonstrativos apresentam-se em formas variáveis de género e número e também de formas não variáveis.

Isto, aquilo, esses, deste e aqueles são palavras muito utilizadas em árabe. Temos que tomar atenção se estas palavras tomam lugar de adjectivos ou pronomes demonstrativos.

Se as usarmos antes de um nome, eles são chamados de adjectivos demonstrativos

Este carro é do João -> Eu gosto destas toalhas

Eu quero este livro -> Aquelas flores cheiram bem

Se as usarmos por si só, eles são chamados de pronomes demonstrativos

Este é o João -> Eu gosto desses
Eu quero isto -> Esses cheiram bem

Pronomes demonstrativos em árabe

Quem é esta? - shkun hadi? - Aprender Lingua Arabe

Quem é esta? – shkun hadi? – Aprender Lingua Arabe

isto / este (masc.) – hada
isto / esta (fem.) – hadi
estes – hadu
isso / esse (masc.) – hadak
isso / essa (fem.) – hadik
esses – haduk

Nota: estas formas podem ser usadas no princípio, no meio ou no fim de uma frase. Também podem ser usadas para fazer perguntas. Em árabe, os pronomes podem representar pessoas.

Isto é uma cadeira – hada kursi

Isto é uma mesa – hadi tabla

Este é o Abdallah – hada Abdallah

Esta é a Aicha – hadi Aicha

O que é isto? (masc.) – shnu / ash hada

O que é isto? (fem.) – shnu / ash hadi

Quem é este? – shkun hada?

Quem é esta? – shkun hadi?

O que é aquilo? – shnu / ash hadak?

Quem é aquele? – shkun hadak?

Quem é a aquela? – shkun hadik?

Nota: Ao início pode ser difícil saber quais são as palavras femininas e masculinas ou como usar as formas isto e aquilo adequadamente. Os marroquinos serão capazes de o perceber mesmo se você fizer erros a falar.

Adjectivos demonstrativos em árabe

Este homem - had r-rajl

Este homem – had r-rajl

este / esta / estes / estas – had

aquele – dak

aquela – dik

aqueles / aquelas – duk

Como pode reparar, usa-se “este / esta / estes / estas” todos com a forma “had”. Para todos os adjectivos demonstrativos tem que usar o artigo definido antes do nome que os seguem. Isto quer dizer que terá que acrescentar um “l” antes das “letras lunares” ou duplicar a primeira letra das “letras solares”. Irei explicar isto mais tarde.

Este homem – had r-rajl

Este senhor – had s-sid

Esta mulher – had l-mra

Esta senhora – had s-sida

Estes homems – had r-rjal

Estas mulheres – had l-ayalat

Esta cidade é grande – had l-mdina kbira

Aquela casa é grande – dik d-dar kbira

Falar de uma situação geral

Algumas vezes usamos as palavras isto e aquilo não só para falar de situações específicas mas também para falar de situações gerais.

Exemplo: alguns alunas estão sempre atrasados para as aulas. Eu não gosto disso.

Em árabe algumas expressões são usadas para estes casos gerais, e usadas para esse efeito.

Isto (situação geral) – had shi

Aquilo (situação geral) – dak shi

Nota: depois de você já ter alguma experiência em ouvir o árabe marroquino, poderá relatar o uso adequado destas situações. Veja a diferença do uso destas expressões para objectos e para situações:

O que é isto? (para coisas e objectos) – ash hada?

O que é isto? (para uma situação) – ash had shi?

Eu quero aquilo (aquela coisa ou objecto) – bghit hadak

É aquilo que eu quero (para uma situação ou acontecimento futuro) – dak shi li bghit

Alfabeto Árabe

Alfabeto Arabe

Alfabeto Arabe