Projectos ecológicos em Marrocos – Energias renováveis

Energia Solar em Marrocos

Pode não parecer mas Marrocos é uma caixinha de surpresas no que toca ao investimento em projectos ecológicos.

Energia Solar em Marrocos
Energia Solar em Marrocos

Os dias com sol são quase uma garantia durante todo o ano em Marrocos.

E é para aproveitar esse benefício solar que são criados projectos de energia solar que são também ecológicos porque permitem gerar energia sem prejudicar o ambiente.

Por exemplo, sabia que Rabat tem uma das maiores centrais solares (se não a maior) do mundo? São mais de 70 mil painéis que acompanham o movimento do sol, tal como os girassóis, aproveitando todo o qualquer raio de sol para criar energia solar. A obra ecológica foi feita com um investimento de cerca de 27 milhões de euros.

Também em Ouarzazate existe um projecto com energia solar, que faz parte de um outro grande projecto nacional que deverá estar em pleno funcionamento em 2020.

Vídeo de projectos ECO em Marrocos

A cidade de Ouarzazate em Marrocos sediará o que vai se tornar uma das maiores usinas de energia solar do mundo. É o primeiro passo no plano de energia solar do Marrocos, que visa a instalação de 2.000 MW de capacidade de geração de energia solar até 2020.

A ideia é produzir electricidade a partir da energia solar com painéis instalados não só em Ouarzazate, mas também em Ain Bni Mathar, Foum Al Oued, Bojador e Sebkhat Tah. A capacidade de produção dará para produzir 2.000 megawatts, com o investimento nestes cinco locais.

Em Ouarzazate está a crescer um complexo que deverá estar finalizado em 2015 e que pretende produzir 2 gigawatts de energia até 2020, o que, em termos de percentagem, significa 38% da capacidade de energia gasta actualmente em Marrocos.

Ler o artigoVisitar Ouarzazate.

Até 2020, 10 mil hectares do território marroquino vão estar cobertos com painéis solares que vão fornecer quase 15% da electricidade consumida no país. O objectivo é reduzir os gastos com os combustíveis fosseis e economizar mais de 1 milhão de toneladas de petróleo por ano.

Investir em Marrocos
Investir em Marrocos

É que Marrocos depende 97% de energia de importações para a população ter acesso a electricidade e com estes projectos vai garantir que a sua dependência do exterior não seja tão grande.

Conjugando a aposta que o Governo está a fazer no aproveitamento das energias solar, eólica e hidráulica, é esperado que até 2020 se consiga atingir um nível de 42% da produção eléctrica. O que é bastante impressionante e um passo de gigante para um país que estava tão dependente da importação de energia. A ideia é até que, um dia, Marrocos se torne exportador de energia para a União Europeia e outros países.

Vídeo de investimento em Marrocos

O Banco Mundial aprova 297 mil dólares em empréstimos para energia solar em Marrocos. Os recursos serão usados ​​para ajudar a financiar a produção de 500 megawatt numa usina solar. O plano também vai ajudar a criar muitos novos empregos na região, bem como contribuir para a segurança energética e as exportações. A unidade, que concentra uma grande área de luz solar em um espaço menor usando espelhos ou lentes, será uma das maiores do mundo.

Outros projectos ecológicos passam também pela recuperação de belezas naturais. Foi o caso do projecto de reabilitação do rio que passa a medina de Fez. Por um lado, as intervenções solicitam a reforma da zona dos curtumes e também recuperam todo o comércio e beleza dos edifícios na zona histórica. Por outro lado, ajuda a tratar melhor do rio de forma a proteger o ambiente.

No sul de Marrocos, a associação “Association France et Maroc au Coeur – França e Marrocos no coração” quer criar um sitio agro-ecológico na aldeia de El Hamri. O espaço vai acolher uma escola-jardim onde se ensina tudo o que está relacionado com a agro-ecologia e produção de frutas e legumes. Os seus objectivos não são só aproveitar o que a terra lhes dá, mesmo em terras áridas, mas também, com isso, reduzir a pobreza rural.