Partilhas

Roupa em Marrocos

Roupa em Marrocos

Nas cidades com medinas as roupas usadas são mais tradicionais, mas ainda assim há quem se vista de forma muito parecida com a europeia.

Em termos de roupa tradicional, a djellaba é uma das peças mais importantes do vestuário marroquino. É uma peça tradicional, larga, comprida e com mangas largas, que pode ser usada tanto por homens como por mulheres. É uma espécie de robe que também pode ter capucho, com ponta bicuda, que protege do sol e do frio.

Djellaba marroquina

Djellaba marroquina

As djellabas podem ser feitas de lã ou algodão, com cores diversas (os homens optam muito por cores claras), consoante o gosto de cada pessoa. Mas tradicionalmente, as cores escolhidas, entre as tribos, podem indicar o estado civil, por exemplo. O castanho escuro é usado pelos celibatários.

Os kaftan são outro tipo de túnica muito usada, mas principalmente pelas mulheres marroquinas. Podem ser peças simples do dia-a-dia, mas também estarem mais produzidas para eventos especiais, como casamentos e festas. Os modelos dos kaftan têm sido adoptados e são motivo de inspiração para muitos estilistas da Alta Costura.

Nos mercados das cidades há muitas lojas com venda de roupa tipicamente marroquina. Têm muitos bordados e cores diversas, em camisas, vestidos, kaftans e djellaba. Muita variedade, tanto para homem como para mulher.

Caftan em Marrocos

Caftan em Marrocos

As roupas são por norma todas compridas e largas, mas muitas mulheres usam cintos – feitos no mesmo tecido da roupa, para adelgaçarem a silhueta em festas. Na rua usam simplesmente as roupas largas e confortáveis. Apesar que os modelos parecerem iguais, são sempre peças diferentes, com cores coordenadas consoante o gosto de cada pessoa.

Mas não é só. Há também lenços e turbantes de diversas cores e feitios. Estes últimos são usados tanto para aquecer, como para proteger a cabeça nos dias quentes ou durante as travessias no deserto.

Sapatos marroquinos

Sapatos marroquinos

E podem as cores terem algum significado. Os berberes do deserto usam o turbante azul índigo, porque consideram que os protegem dos maus espíritos. Enquanto no deserto, usam-nos também para tapar a cara, deixam só os olhos à mostra, para a proteger das fortes tempestades de areia.

Nos sapatos usam-se muito as sandálias e também as típicas babouches. Sapatos confortáveis e feitos em pele.

Partilhas