Partilhas

Loja de tapetes em Marrakech

Loja de tapetes em Marrakech

Os tapetes marroquinos são famosos.

Ainda Marrocos não se chamava assim, no século XIII, e já a arte de tecer os tapetes era algo comum na região.

Os tapetes berberes têm tradição desde o Paleolítico e continuam a serem feitos em muitas áreas rurais de Marrocos.

Usar tapetes era algo luxuoso ou então ligado a rituais.

Tapete marroquino

Tapete marroquino

Os tapetes eram usados em palácios e também em lugares sagrados, como túmulos.

Em termos de tradição, os tapetes são também um artigo importante no enxoval de uma noiva e, por isso, pode muitas vezes ser oferecido como presente.

A arte da tecelagem de tapetes vem, por tradição, das tribos das montanhas marroquinas e tornaram-se, em muitos casos, o meio de subsistência de algumas comunidades.

Tapete de Marrocos

Tapete de Marrocos

Em Marrocos, os tapetes não apenas simples peças. São um artigo que espelha a cultura do país.

Os padrões repetem-se desde há milhares de anos e a forma de os trabalhar artesanalmente vai sendo passada de geração em geração.

Apesar de já se poderem usar produtos químicos para as cores dos tapetes, ainda muitos tecelões tradicionais usam tintas naturais.

Tapete de Marrocos

Tapete de Marrocos

As cores mais usadas nos tapetes marroquinos são o vermelho, o azul, o preto, o verde e o amarelo.

Na aprendizagem de fazer tapetes, não é só a parte da tecelagem que se ensina mas também o saber das escalas de cor e os motivos decorativos, para os replicar.

Em cada tribo, ou cada família, tem os seus próprios desenhos e modelos.

Tapetes berberes em exposição para vender

Tapetes berberes em exposição para vender

Mas enquanto o realiza, cada tecelão acrescenta a sua própria imaginação e, assim, cada tapete é uma criação única.

Ainda sobre os tapetes berberes, hoje em dia são feitos com materiais variados, desde nylon, lã e fibras. O tamanho dos laços também varia de fabricante para fabricante.

Normalmente são tapetes que duram uma vida inteira, porque foram feitos para resistir ao uso diário.

Os tapetes devem ser limpos de 6 a 12 meses, com limpeza a seco e com detergentes inofensivos para não se danificarem as fibras usadas.

Tapete marroquino numa loja em Marrakech

Tapete marroquino numa loja em Marrakech

Os tapetes marroquinos são usualmente usados em zonas de convívio, como a sala de estar, de jantar ou nos quartos.

O seu padrão, inscrito num fundo rectangular, tem desenhos geométricos e com uma lógica simétrica, vista em todos os tapetes.

Mas os motivos de desenhos pode ser variados. Nas aldeias, por exemplo, os padrões podem ter imagens de animais.

É normal ouvir dizer que as cores fortes dos tapetes marroquinos dão vida a muitas casas.

Loja de tapetes em Merzouga no Deserto do Saara

Loja de tapetes em Merzouga no Deserto do Saara

São cores que provêm de corantes naturais como o vermelho da flor de papoila, ou o açafrão para o laranja e amarelo, por exemplo.

Cada tribo pode ter o seu tipo de tapete.

Os berberes são mais rústicos – cada peça é única e com características de quem o fez – e os tapetes de cidade são mais luxuosos, com influência das tradições orientais, que servem para decorar casas de classes mais elevadas.

Partilhas