O que é um Casbá (Kasbah) – As casas fortificadas marroquinas

Os casbás são espaços fortificados de origem berbere. Encontramos este tipo de arquitectura por todo o sul de Marrocos.

Casbá de Taourirt em Ouarzazate
Casbá de Taourirt em Ouarzazate

Eram um local onde as populações se protegiam de invasões e ataques, mas também onde poderiam proteger-se de tempestades de areia, ou então do frio em demasia que podia matar o gado, por exemplo. Era um local de protecção, de muros altos.

Por norma, são edifícios com paredes elevadas e têm torreões nos cantos – porque a planta em geral é quadrada. As casas senhoriais do Kasbah tem uma sala grande para receber as visitas – que normalmente era reservada para os homens – e curral no rés-do-chão da habitação, para o gado.

Kasbah Tifoultoute em Ouarzazate
Kasbah Tifoultoute em Ouarzazate
Os Kasbah fazem parte do que é a mais tradicional arquitectura marroquina. São feitos de tijolos de abobe (a partir de argila, estrume e palha) e que, depois de secos ao sol, podem durar séculos. As paredes podem ter alguns desenhos no exterior, com inspiração marroquina e com pequenas janelas.

Um dos mais bem preservados casbás de Marrocos está em Ouarzazate. O Kasbah Taourirt tem inúmeras passagens no interior e consegue ser um pouco labiríntico, mas espelha o modo de vida das populações antigas.

Em Rabat está o Kasbah des Oudaias que foi construída no século XII. Durante alguns séculos esteve votado ao abandono, mas no século XVIII tornou a haver um grande investimento no edifício – Rabat é a actual capital do país.

Torre de kasbah marroquino
Torre de kasbah marroquino
A muralha do Kasbah de Oudaias tem cerca de 10 metros de altura e as paredes têm mais de dois metros de largura. É por isso mesmo que duram tantos séculos! Tem uma porta monumental que é o portão Bab Oudaia – foi construído em 1195, em pedra talhada, e esculpido em seu redor.

No interior do Kasbah encontra pequenas ruas, apropriadas para grandes passeios. As casas são pintadas em azul e branco, cores que acabaram por se alastrar ao resto da cidade. Nas portas, os tapetes e os vasos revelam que este é um sítio bem cuidado.

Há ainda toda a região do Vale das Rosas e Vale do Draa no Sul de Marrocos, com imensas aldeias com muitos kasbahs, um excelente exemplo é a pitoresca aldeia de Nkob.

The Clash – Rock The Casbah

A banda britânica The Clash teve uma música de sucesso intitulada “Rock the Casbah”, em 1982. Dizem que o tema, neste caso, referia-se ao banir do rock no Irão aquando da chegada do Aiatolá Khomeini, ou sobre a monarquia inglesa. Cada um tem a sua teoria e, por isso, em vez de se referir ao Irão a música podia mesmo falar para a coroa britânica, ao referir-se abanar o Casbah com o rock, seria então abanar o castelo de Windsor ou o Palácio de Buckingham.

Agencia de Viagens em Marrocos