Barco de Espanha até Marrocos: Locais de Embarque, Empresas, Preços, Horários

A aventura de cruzar continentes. Apesar de já haver bilhetes de avião baratos para Marrocos, há ainda aqueles viajantes aventureiros que desejam explorar o país com o seu carro ou então de mochila às costas, mas, atravessando o Estreito de Gibraltar de barco. Ir da Europa até África de ferry-boat é para muitos, uma ideia excêntrica, e que ficará marcada na memória para sempre.

Existem algumas razões que levarão os viajantes a optar por chegar a Marrocos por mar. Uma delas, que acredito ser a menos comum, será a convicção: há pessoas que por uma questão de princípio, movidas pela sensibilidade ecológica, se recusam ou, de forma mais moderada, procuram evitar usar transportes aéreos. É claro que o combustível queimado por um navio e as águas usadas para a refrigeração dos seus elementos mecânicos geram poluição, mas o nível de dano ambiental causado por um avião não tem igual. Ora este impacto está na mente de muitos viajantes que procuram deslocar-se por via terrestre ou marítima, e para esses é importante saber como se transportarem da Europa para Marrocos sem usar uma ligação aérea.

BARCO ESPANHA MARROCOS
BARCO ESPANHA MARROCOS

Muita gente simplesmente tem medo de voar. Este é um problema que está presente de forma variável num número considerável de pessoas, podendo ir desde um simples desconforto até um pavor total. Chama-se a isto “aerofobia” e estima-se que entre 20% a 40% dos passageiros sofra em algum grau deste receio. Não há que ter vergonha. Afinal, voar é uma situação literalmente contra-natura. O ser humano não está no seu meio natural, quando anda lá por cima, e o surgimento de medos é totalmente compreensível. Felizmente é possível viajar sem subir aos céus e ir a Marrocos desde a Europa é perfeitamente possível recorrendo apenas a um navio.

As circunstâncias de uma viagem a Marrocos podem também determinar o meio de transporte escolhido. E se um grupo de amigos se lembrar… “olha, vamos na paródia até Marrocos..”? Parece-me que é bem mais natural que se metam num carro e venham por estrada até um dos portos de onde existem ferries para Marrocos. Por outro lado, se uma família decidir visitar o país pode ser financeiramente mais vantajoso fazer a viagem na sua viatura, em vez de adquirir quatro passagens aéreas e ainda adicionar os custos de aluguer de carro em Marrocos. Será uma questão de fazer contas.

» Veja a página: Lisboa até Marraquexe por terra – itinerário passo-a-passo.

BARCO ESPANHA MARROCOS
BARCO ESPANHA MARROCOS

E depois, claro, há aqueles que querem viajar por aí, pelo mundo, vivendo um dia de cada vez, parando pelo caminho, quem sabe até à boleia. Podem querer visitar Gibraltar ou passar algum tempo no sul de Espanha, e quando assim é, a travessia por barco é a solução natural.

Seja como for, há vantagens comuns na chegada por navio: a bagagem que pode trazer consigo é quase ilimitada, se comparada com as apertadas limitações impostas pelas companhias aéreas, e há algo de romântico em atravessar o Estreito de Gibraltar, se a rota escolhida assim o permitir.

Enfim, este artigo é para todas as pessoas que se enquadram nestas situações ou em qualquer outra que dite a preferência por uma chegada a Marrocos por via marítima, desde Espanha.

Pontos de Partida da travessia Espanha até Marrocos

MAPA DOS LOCAIS DE EMBARQUE DO FERRY DE ESPANHA A MARROCOS
MAPA DOS LOCAIS DE EMBARQUE DO FERRY DE ESPANHA A MARROCOS

Existem sete pontos de partida de Espanha. Bem, tecnicamente, seis de Espanha e um do Reino Unido, pois Gibraltar, apesar da sua localização geográfica é território britânico, uma questão que poderá ganhar renovada importância com a anunciada saída do Reino Unido da Comunidade Europeia.

Locais de Embarque:
» 1-Tarifa
» 2-Gibraltar
» 3-Almeria
» 4-Motril
» 5-Málaga
» 6-Algeciras
» 7-Barcelona

» Veja a página: Mapa Google com os locais de Embarque e Desembarque.

1- Tarifa

Tarifa encontra-se na extremidade mais a sul de Espanha, sendo conhecida internacionalmente pelas condições propícias à prática de windsurf e kitesurf.

Daqui há partidas diárias para Tânger (30 km) e não são poucas! Entre as duas companhias que operam a rota são mais de dez ligações diárias, que asseguram a travessia do Mediterrâneo que aqui se faz em cerca de uma hora.

Isto garante que, mais coisa menos coisa, terá um navio a partir à hora que mais lhe convier. Uma curiosidade: devido à diferença de fuso horário, chega-se normalmente à hora que se parte.

Note que ao contrário do que sucede com as partidas de Algeciras, os ferries que saem de Tarifa deixam-no mesmo em Tânger, e não em Tânger-Med, que ainda fica a umas dezenas de quilómetros a oeste da cidade.

» Existem duas companhias a operar esta rota, a FRS e a Intershipping.

FRS Tarifa – Tânger

A companhia espanhola FRS tem actualmente sete partidas diárias de Tarifa rumo a Tânger: 09:00, 11:00, 13:00, 15:00, 17:00, 19:00, 21:00. A ligação das 23:00 não é, de momento, efectuada.

A companhia opera dois navios diferentes, o HSC Algecirasjet e o HSC Tarifajet, ambos modernos, desenhados em conceito catamaran, com dois cascos e dotados com café e restaurante e uma loja duty free. Os assentos têm carregadores para telemóvel, o que é um toque agradável.

O preço do bilhete por passageiro é de 34 Euros e para uma viatura ligeira 145 Euros.

Intershipping Tarifa-Tânger

A companhia marroquina Intershipping tem partidas de Tarifa às 08:00, 10:00, 12:00, 16:00, 18:00 e 20:00. O bilhete é de 31,50 Euros por passageiro e 138,50 Euros para um carro.

Têm existido diversos problemas na operação da companhia e na comunicação com os clientes e os procedimentos de segurança são mais… descontraídos. Mas, claro, para uma utilização pontual é pouco provável que o passageiro note alguma diferença significativa entre as operadoras.

Como Chegar ao Porto de Tarifa

O Porto de Tarifa está dotado com um terminal moderno, equipado com todas as comodidades de que o viajante poderá necessitar.

Para lá chegar de carro não se deve preocupar. Por toda a cidade encontrará sinais bem claros que indicam o caminho a tomar.

Tarifa não está ligada à rede ferroviária espanhola e a estação mais próxima é a de Algeciras, a 20 km de distância. Note que algumas das companhias a operar os ferries, como a FRS, oferecem um serviço gratuito de ligação entre Algeciras e Tarifa (e vice-versa).

Existem múltiplas ligações de autocarro para Tarifa, um pouco de toda a Espanha, mas com especial incidência desde Sevilha e desde Cádiz. A distância entre o autocarro e o terminal de ferries dependerá da companhia e do ponto de partida, mas será sempre caminhável se a sua mobilidade for boa. Algo entre 1,5 km e 500 metros.

Dormir em Tarifa

Tarifa é uma pequena cidade de menos de vinte mil habitantes, sendo facilmente percorrida a pé. É uma excelente base para passar uma noite antes de atravessar para Marrocos, oferecendo ao viajante um ambiente mais descontraído do que Algeciras, com uma arquitectura onde se sente a influência mourisca, um bonito castelo e alojamento económico abundante. Além disso existem imensas praias em seu redor, especialmente interessantes para os praticantes desportos aquáticos como o windsurf e o kitesurf.

Explore a cidadela de Tarifa, entrando pela Puerta de Jerez e chegando à Plaza de los Ocho Ranitas, o centro histórico da cidade, ladeada de edifícios notáveis, como a câmara municipal, a biblioteca e o Alcazaba.

Não deixe de fazer uma visita à igreja de São Mateus e suba até ao castelo de Guzmán el Bueno para as melhores vistas da cidade. Se gosta destas coisas, pode explorar as antigas baterias de artilharia costeira, hoje abandonadas. Tente não perder uma ida a Baelo Claudia, uma antiga cidade romana em excelente estado de conservação que se localiza nos arredores de Tarifa.

Poderá querer pernoitar no agradável La Cocotera Boutique Hostel & Coworking, com um ambiente jovem e localizado perto do centro, onde um quarto duplo com casa de banho partilhado custará 30 Euros. Sem pequeno-almoço.

Se quiser gastar um pouco mais e ficar numa casa com muita alma, considere La Casa de la Favorita, uma mansão de meados do século XIX que foi totalmente renovada e que funciona agora como um hotel de charme. O terraço é delicioso, os quartos decorados sob a influência do branco, e dotados de casa de banho privativa. Por um quarto duplo pagará aqui 50 Euros. Sem pequeno-almoço.

» Veja a página: Hotéis em Tarifa.

2- Gibraltar

A FRS tem uma ligação quinzenal (já foi semanal, mas de momento há apenas a cada duas semanas) entre Gibraltar e Tânger Med, a uma hora de caminho da cidade de Tânger. É uma travessia rápida, demorando menos de hora e meia. A saída ocorre ao serão de Sexta-feira. O leitor poderá ficar curioso… porquê apenas uma viagem quinzenal, com partida à Sexta-feira à noite? Porque é um serviço destinado aos trabalhadores marroquinos que laboram em Marrocos, e o regresso no Domingo à noite confirma isto.

ROPAX Tanger Express – Gibraltar-Tânger

O navio – ROPAX Tanger Express – demora 90 minutos a vencer a distância entre Gibraltar e Tânger-Med e o bilhete para um passageiro custa 45 Euros. Se quiser levar um carro, adicione 115 Euros.

Como Chegar ao Porto de Gibraltar

O porto de Gibraltar fica na face oeste da península ocupada por aquele território britânico. Se está a ficar em Gibraltar não terá dificuldade em ali chegar. A linha de autocarros número 2 liga a ponta sul de Gibraltar com a área do porto e provavelmente quererá usar esse serviço.

Dormir em Gibraltar

Gibraltar não é um sítio para se passar a noite. O alojamento mais barato disponível online custa quase 100 Euros! Será melhor pernoitar em Espanha e se for caso disso entrar no território apenas para visitar e apanhar o ferry.

Mas se fizer questão, considere então o Bristol Hotel onde pagará 95 Euros por um quarto duplo, sem pequeno-almoço. Não há muito a dizer sobre o estabelecimento. Fica numa localização relativamente central e com boa vontade poderá caminhar até ao porto ou até à estação de teleférico. Os quartos são banais, equipados com casa de banho privativo, mas sem nada de especial a assinalar.

Gibraltar distingue-se pela formação rochosa que domina o estreito e que controla a entrada no Mediterrâneo. São apenas 5 km, desde a fronteira até à extremidade sul, mas há ali espaço para muita coisa e pelo menos um dia será necessário para ver os pontos principais.

As fortificações militares, como a bateria de O’Hara ou os Túneis do Grande Cerco são atractivos de monta em Gibraltar, mas as vistas do tipo do rochedo e o Museu de Gibraltar são elementos que merecem igualmente uma visita. Note que as famosas Grutas de Graham – classificadas pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade – podem ser difíceis de ver porque existe um limite para o número de visitantes.

Gibraltar transpira história e a sua atmosfera britânica, encalhada em território espanhol, é bastante interessante.

3- Almeria

De Almeria atravessa-se o mar para outra região de Marrocos, o que é natural, considerando a posição bem mais a leste deste porto.

Acciona Trasmediterranea Almeria – Nador

Existem duas ligações diárias de Almeria para Nador, com partidas às 7:00 e às 23:00, durando a travessia cerca de sete horas.

Trata-se de um serviço assegurado pela empresa espanhola Acciona Transmediterrea, que cobra 58 Euros por um bilhete simples ou 158 Euros por um lugar em camarote. Para levar uma viatura ligeira pagará mais 107 Euros.

Baleària Almeria-Nador

O navio Bahama Mama, com capacidade para mil passageiros e 126 viaturas, assegura a ligação entre Almeria e Nador operada pela Baleària. Está equipado com todas as comodidades, como Wi-Fi, espaço para animais de estimação, piscina, restaurante, bar e lojas.

Parte todos os dias pelas 23:45, demorando quase seis hora a chegar a Nador, onde acosta pelas 4:30, ou seja, a uma hora nada conveniente para quem viaja sem viatura própria. O preço dos bilhetes para passageiros é de 51,50 Euros para um assento e 134,43 Euros para um camarote. Se levar carro pagará mais 126 Euros.

Acciona Trasmediterranea Almeria – Melilla

A mesma empresa tem uma rota activa para Melilla, com partida diária às 23:59. Para este serviço, o bilhete simples custa entre 37 a 42 Euros, enquanto uma cama numa cabine custará 117 Euros.

O navio usado para o serviço é o Sorolla, que oferece uma série de comodidades, como área para passear os cães, sala de leitura, solário e, no Verão, piscina e jacuzzi.

Aos Sábados há duas partidas, às 3:30 e às 19:30, sendo usado um navio mais rápido que atravessa o Mediterrâneo em apenas cinco horas.
Como Chegar ao Porto de Almeria

Basicamente tudo está ao alcance de uma pequena caminhada em Almeria. Se dormir na cidade poderá simplesmente andar até ao porto e o mesmo se aplica se chegar de autocarro ou de comboio. O terminal rodoviário e a gare rodoviária encontram-se lado a lado e daquele ponto até ao porto são cerca de 1,3 km. Se vem de autocarro, considere que poderá ser mais conveniente fazer escala em Málaga.

O Porto está bem dotado de equipamento de apoio ao viajante, existindo diversos restaurantes e até um pequeno supermercado aberto 24 horas por dia.

Dormir em Almeria

Como noutras cidades portuárias sugiro que se pernoite aqui para conhecer um pouco da localidade e para aliviar o stress do tempo.

Se partir de Almeria for a escolha, vamos então aproveitar o que de melhor existe nesta cidade do sul da Espanha.

O Alcazaba (castelo) de Almeria é imperdível, datando do século X e oferecendo uma vista espectacular de toda a cidade. Além disso, a seguir a Alhambra, é a maior fortaleza construída pelos árabes na Europa. O seu centro histórico é muito pitoresco, com diversos museus, como o de Almeria e o da Guitarra, e uma infinidade de bares de tapas. Se gostar de locais com história pode visitar os refúgios para bombardeamentos construídos durante a Guerra Civil Espanhola, mas não se recomenda esta actividade a pessoas com medo de espaços fechados.

Visite a Catedral de La Encarnación e passe algum tempo no animado mercado de Plaza de Pavía. Observe a velha estação de comboios, próxima da actual gare, e dê uma vista de olhos na Igreja de San Juan, que no século X era uma mesquita. Nos arredores encontrará praias e um verdadeiro deserto, que é um lembrete de que Almeria é a cidade mais seca da Europa. Há muito mais para ver em Almeria e em seu redor, pelo que uma partida desde este porto poderá enriquecer bastante a sua viagem.

Para dormir em Almeria poderá escolher o Hotel Torreluz Centro, que como o nome indica fica bem localizado, a apenas 300 metros da área central da cidade. Encontrará aqui bons quartos e poderá caminhar até aos principais pontos de interesse de Almeria. O preço não é muito adequado para viajantes com um orçamento apertado, mas não é fácil encontrar alojamento de baixo custo em Almeria: pagará entre 50 a 60 Euros por um quarto para duas pessoas e o pequeno-almoço nem está incluído. Note que na época alta é comum esgotarem-se os quartos.

Se puder gastar mais, o Catedral Almeria pode ser uma solução. Aqui o quarto custará 100 Euros, mas é de facto outra coisa. Na realidade os aposentos parecem-se mais com uma suite ou um pequeno apartamento, e a localização é igualmente boa. O pequeno-almoço é excelente mas terá que ser pago à parte (10 Euros).

4- Motril

Motril é uma cidade de 60 mil habitantes, localizada entre Almeria e Málaga. Tem um pequeno porto, algo afastado da localidade, de onde existem ligações para Nador, Melilla e Al Hoceima. Todas estas ligações são operados pela empresa espanhola Navierra Armas.

Trata-se de um dos portos mais modernos de Espanha, apenas porque tem sido melhorado, porque na realidade existe desde 1908, quando foi construído para assistir a lucrativa exploração de cana de açúcar da região.

Navierra Armas Motril – Nador

Geralmente há apenas uma viagem por dia, a horas muito variáveis. O bilhete em assento simples custa 40 Euros e o transporte de um carro ficará por 130 Euros.

Convém reservar o seu bilhete com alguma antecedência, especialmente se estiver interessado num camarote e viajar na época alta.

A viagem é assegurada pelo navio Volcán de Tamasite, um ferry de 143 metros usado pela companhia desde 2004, com capacidade para 1500 passageiros e 300 veículos. Em 2017 o navio esteve envolvido num acidente que poderia ter consequências mais graves, quando sofreu uma falha de energia e embateu contra um pontão em Las Palmas.

Navierra Armas Motril – Melilla

Esta ligação tem uma saída diária, mas não é operada às Sextas-feiras. Dependendo do dia tem partida às 15:30, 10:30 ou 18:30, sugerindo que verifique o website da companhia para encontrar a melhor data e horário para o seu caso.

O navio usado pela Navierra Armas nesta rota é o Volcán de Tauce, com 120 m de comprimento e capacidade para 347 passageiros e 96 veículos.

Navierra Armas Motril – Al Hoceima

Existem partidas às Segundas, Terças e Sextas-feiras, a horas diferentes, mas geralmente às 6:00 ou às 10:00. Será melhor confirmar no website da Navierra Armas qual o horário para a data que lhe convém. A travessia dura quatro horas.

O preço do bilhete num assento normal é de 50 Euros e o valor para uma viatura ligeira é de 130 Euros.

O navio usado é o Volcán de Tamasite, o mesmo que liga Motril a Nador.

Como Chegar ao Porto de Motril

Dos vários portos espanhóis com ligações a Marrocos o de Motril será o menos conveniente para viajantes sem uma viatura própria. Não só a cidade não está ligada à rede ferroviária de Espanha como o porto fica algo afastado do centro, tornando-se difícil lá chegar a caminhar.

Em princípio será preciso apanhar um autocarro no centro ou encontrar um táxi para se deslocar até ao porto. Ainda são 3 ou 4 km.

Dormir em Motril

Motril tem um centro histórico agradável, com muitas ruas fechadas ao tráfego automóvel. Na Avenida de Salobreña existem mercados de rua às Quintas-feiras e aos Sábados mas se não estiver por lá nesses dias pode pelo menos visitar a Casa de Las Palmas, um moinho de cana de açúcar do século XVI, ou o Museu de Historia de Motril. Se quiser relaxar pode passar algumas horas nas praias que rodeiam Motril, desde as mais próximas La playa Poniente e La playa Granada, até às mais intimistas e mais afastadas, incluindo algumas destinadas à prática de nudismo.

Uma vez no local, se precisar de mais informações, pode visitar o posto de turismo local, à entrada do bonito Parque de los Pueblos de América.

Se precisar dormir em Motril antes de partir à descoberta de Marrocos, aconselho o Hostal La Montana, onde por 37 Euros terá um quarto duplo com casa de banho privativa, mas sem pequeno-almoço. Está localizado no centro e oferece estacionamento gratuito aos seus hóspedes.

5- Málaga

O porto de Málaga é relativamente central e é um dos mais importantes pontos de ligação marítima entre Espanha e África. Note que os ferries que partem de Málaga se destinam ao enclave espanhol de Melilla, por isso não será uma solução perfeita para quem vai explorar Marrocos sem uma viatura própria, pois terá que se deslocar até Nador para daí iniciar então o seu percurso por aquele país africano.

Trasmediterranea Málaga – Melilla

A Trasmediterranea assegura o funcionamento desta rota, com duas partidas diárias, embora à Segunda-feira não existam ligações.

Às Terças-feiras há um ferry, o Sorolla, a partir às 00:30 e um segundo que deixa Málaga pelas 15:30; às Quartas-feiras, Quintas-feiras, Sextas-feiras e Sábados, apenas existe a ligação da tarde. Aos Domingos há uma saída pelas 10:30 e a de todos os dias, às 15:30.

Se planeia usar esta ligação é importante que pondere a hora e o dia mais conveniente para si. Se optar pelo primeiro navio de Sábado, será melhor pernoitar em Málaga e ter a certeza que apanha o barco sem sobressaltos e chega a Marrocos bem fresco para usufruir do primeiro dia no país. Se não tiver tempo nem vontade de dormir em Málaga terá mesmo que escolher a segunda ligação do dia, que tem o inconveniente de o deixar em Melilla já depois da hora do jantar, criando um problema logístico com a dormida, mas que é efectuada todos os dias (excepto Segunda-feira, como disse).

O primeiro navio, para o qual só existem lugares sentados, é o Alcantara Dos e o segundo será o Fortuny. O primeiro é mais rápido, demorando 5:15 horas a atravessar, enquanto o segundo leva uma hora mais a concluir a viagem. Poderá também existir uma ligeira diferença nos preços: por exemplo, num determinado dia um assento simples para a primeira ligação custa 46,30 Euros, enquanto que para o Fortuny ficará por 40,40 Euros podendo neste segundo caso optar por um camarote, que lhe custará 120,40 Euros. Levar uma viatura ligeira custará 110 Euros. Existem ligeiras oscilações nos valores consoante os dias e a época do ano.

Seja como for será melhor verificar no website da Trasmediterranea a disponibilidade, horário e preços para o dia em que pretende viajar, pois estes elementos são extremamente dinâmicos.

Como Chegar ao Porto de Málaga

A principal estação rodoviária de Málaga localiza-se a cerca de 1,5 km a oeste do terminal de ferries, sendo portanto possível chegar de autocarro e caminhar até ao porto. Além disso está rodeada de comércio e de muitos restaurantes, sempre conveniente para recarregar baterias depois de uma potencialmente longa viagem por estrada.

Da Estação Maria Zambrano, o nome da gare ferroviária de Málaga, até ao porto, são igualmente 1,5 km, portanto se optar por chegar de comboio e quiser embarcar no mesmo dia, poderá também caminhar sem se preocupar com táxis ou transportes públicos urbanos.

Dormir em Málaga

Dos portos de partida de Espanha para Marrocos por via marítima, o de Málaga será o que se encontra na cidade de maiores dimensões e com mais para oferecer ao viajante.

Espere uma cidade muito turística, para o qual contribuem bastante os navios de cruzeiro que diariamente aqui chegam.

O castelo de Málaga será a principal atracção da cidade, tendo sido construído pelos árabes por volta do século VIII, num local onde já existia uma fortificação romana. Cá em baixo, o centro histórico é todo ele encantador. Pode-se perder nas suas charmosas vielas ou percorrer as sua ruas principal, a Calle Granada, até chegar à Plaza de La Merced, onde em 1881 nasceu Pablo Picasso. Deverá visitar La Manquita, a catedral de Málaga, que deve este peculiar nome à sua segunda torre sineira, que nunca foi terminada. O templo foi construído entre 1528 e 1782, em estilo Renascentista e Barroco.
Se gosta de museus, ficará bem em Málaga, existindo diversas opções: Museu Picasso, Museu Automobilístico, Museu Carmen Thyssen, Museu Ruso de Málaga, Museu de Málaga.

Poderá encontrar nas ruas da cidade bons exemplos de street art, especialmente no bairro de Soho, onde nasceu o grupo Malaga Arte Urbano Soho.

Outros pontos de interesse: o cemitério central, o jardim botânico, o teatro romano junto ao castelo, o bairro de El Perchel, os mercados Del Carmen e de Atarazanas.

Para pernoitar em Málaga a escolha é incrivelmente variada. Se é adepto do ambiente de hostel e tem um orçamento apertado, poderá optar pelo The Lights Garden, localizado precisamente no centro histórico da cidade, onde terá uma cama de beliche por 13 Euros.

Se preferir gastar um pouco mais e ter um quarto privado, também no centro histórico, La Casa Mata Central será uma escolha natural. É dos alojamentos mais económicos que podem ser reservados online com antecedência, com quartos a 32 Euros e 42 Euros (sem e com casa de banho privativa).

6- Algeciras

Algeciras não é propriamente um local encantador, tendo fama de lugar duro e feio, mas poderá querer vir aqui apanhar um ferry. Do seu porto existem ligações marítimas para Ceuta (31 km) e para Tânger Med (37 km).

De Algeciras para Ceuta

A travessia de Algeciras para Ceuta demora cerca de uma hora, havendo múltiplas ligações diárias. Há três companhias a operar a rota, sem grandes diferenças nas condições oferecidas, a Balearia, a Trasmediterranea e a FRS, e entre elas oferecem 21 travessias por dia.

Por exemplo, a Trasmediterranea tem cinco partidas diárias, com bilhetes desde 33,80 Euros para passageiros e 115 Euros para o transporte de uma viatura ligeira.

Note que Ceuta é território espanhol e portanto, para iniciar a sua aventura marroquina, terá ainda que cruzar a fronteira e procurar transporte para Tânger ou Tetouan. Tipicamente deverá apanhar um autocarro ou um táxi (cerca de 6 Euros) para a fronteira, cruzá-la e já do lado marroquino, depois de tratar das formalidades, procurar um grand taxi para Fnideq, a cerca de 4 km, onde existem ligações bastante frequentes para Tetouan e onde se pode negociar um serviço de táxi por exemplo até Chefchaouen.

De Algeciras para Tânger Med

Esta será a rota de ferries entre Espanha e Marrocos mais usada e com mais ligações. Há cinco companhias a operar esta rota: Baleària, Trasmediterranea, FRS, Intershipping e AML. No total, asseguram mais de 30 travessias diárias.

De novo tomando a Trasmediterranea com exemplo, vemos que existem seis ligações diárias e que a travessia demora duas horas e meia. O bilhete simples, para passageiro, custa 31,50 Euros e o transporte de um carro será 107,50 Euros.

Uma vez em Tânger Med terá que apanhar um autocarro até à cidade de Tânger, o que demorará mais uma hora. São cerca de 40 km. Note que existe uma estação de comboios em Tânger Med

Como Chegar ao Porto de Algeciras

A distância entre a estação de comboios (três ligações diárias a Madrid, via Ronda e Málaga) e o terminal rodoviário e o ferry é de 1,3 km. A entrada do porto fica mais perto, mas depois de cruzar os portões terá ainda que ir até ao navio. Pode portanto caminhar, descendo a Calle Cervantes até chegar à Avenida de La Marina onde encontrará os primeiros sinais a indicar a direcção do porto. Se desejar, pode parar no posto de turismo, que encontrará a meio do percurso, do seu lado direito.

Se não quiser percorrer a distância a pé, existem sempre táxis disponíveis.

Note que algumas companhias de autocarros fazem uma paragem junto à entrada do porto.

Se pernoitar em Algeciras, há boas opções localizadas entre as estações e o porto, permitindo uma deslocação simples entre os diversos pontos.

Conduzir até ao porto é muito simples e mesmo que não esteja a usar um sistema de navegação para o carro existe clara sinalização logo desde a aproximação à cidade. Tenha apenas em atenção que após atravessar o rio, ao entrar em Algeciras, encontrará um túnel. Aí, tenha a certeza que se mantém na faixa de rodagem da esquerda.

Dormir em Algeciras

Apesar da sua fama de cidade industrial e desprovida de atractivos, mas haverá sempre algo para entreter. Poderá o visitante seguir o trajecto Paco de Lucia, o mais destacado guitarrista espanhol, que nasceu e cresceu na cidade, ou fazer uma ambientação prévia a Marrocos explorando o bairro árabe. Não perca a Plaza Alta, a principal praça da localidade, de onde se obtém excelentes vistas sobre o porto e um local excelente para observar os locais. Pode também dar um saltinho à praia, por exemplo e El Rinconcillo, a apenas 3 km da cidade.

Se tiver mais tempo, pode visitar Ronda ou Gibraltar, que não ficam longe e se atingem facilmente. A Ronda chega-se de comboio, directamente, enquanto para Gibraltar deverá tomar o autocarro #120, na estação rodoviária, até à fronteira com Gibraltar e atravessar a pé. Do outro lado, apanhe o #5 para o centro.

Para dormir não existem grandes opções online para o viajante com um orçamento apertado. No Hostal Nuestra Señora De La Palma encontrará quartos para duas pessoas por 35 Euros, com a vantagem de uma localização central e casa de banho privativa. Sem pequeno-almoço, contudo.

Se puder gastar um pouco mais, o Hotel Mir Octavio, de quatro estrelas, poderá ser uma boa opção. Aqui a diária para duas pessoas custa cerca de 65 Euros e por mais 15 Euros poderá deixar o carro na garagem privativa do estabelecimento. Localiza-se a 10 minutos a pé do centro de Algeciras mas a estação de comboios está ali por perto e o porto fica a apenas 700 metros.

» Veja a página: Hotéis em Algeciras.

7- Barcelona

As ligações com partida de Barcelona são as menos convenientes, tornando-se apenas uma opção se quiser visitar a capital da Catalunha antes de rumar a terras de Marrocos. Mesmo assim será mais mais rápido e talvez mais económico simplesmente apanhar um comboio para o sul de Espanha e dali então o ferry para Marrocos. Mas se quiser mesmo arrancar de Barcelona, existem daqui alguns ferries para Tânger e para Nador.

A frequência é reduzida e trata-se de uma viagem longa, cara e que leva bastante tempo. Serão cerca de mil quilómetros, talvez mais, que em condições normais levam trinta e uma horas para serem ultrapassados. Ainda por cima, a chegada é a Tanger Med, um porto a meio caminho entre Ceuta e Tânger, o que significa mais uma hora de viagem até à cidade. Existem duas operadoras a assegurar o percurso.

» Veja a página: Visitar Barcelona – Guia de Viagem.

GNV Barcelona – Tânger Med

A italiana GNV (Grandi Navi Veloci), que também tem uma rota entre Génova e Tânger. Os preços e dias de partida podem ser consultados no website da operadora, mas tenha em conta que a frequência não é diária, as horas de partida oscilam bastante e que dificilmente conseguirá adquirir um bilhete por menos de 160 Euros e que para ter uma cama numa cabine os valores se elevam acima dos 400 Euros.

Grimaldi Barcelona – Tânger Med

A Grimaldi, neste momento tem uma ligação semanal, com partida às Sextas-feiras. O custo da passagem varia imenso consoante os dias, podendo ir dos 130 Euros aos 265 Euros, ou seja, mais do dobro. Este valor é para um lugar simples, sem cabine. Um carro pode custar cerca de 300 Euros, por vezes mais. Mas o melhor será consultar o website da operadora, considerando todas estas variações.

GNV Barcelona – Nador

A GNV oferece uma rota alternativa, com partidas de Barcelona para o destino balnear de Nador, que fica a 400 km por estrada a leste de Tânger, na costa mediterrânica de Marrocos.

Para aqui os preços são um pouco mais simpáticos, o que é natural pois a distância a percorrer é mais reduzida. Por 125 Euros terá um lugar sentado e por 165 Euros poderá dormir num camarote partilhado com quatro camas. Se estiver disposto a uma extravagância, viaje numa suite com quatro quartos, o que lhe custará 570 Euros. Um carro ligeiro pagará cerca de 200 Euros.

Note que apesar da distância reduzida, o tempo de navegação é apenas de menos três horas do que para Tânger: 28 horas.
O melhor será consultar o website da GNV para ver todas as variantes de preço, desde as várias opções para dormir até aos diversos tipos de veículo.

Desembarcar em Marrocos com Viatura Própria

BARCO ESPANHA MARROCOS
BARCO ESPANHA MARROCOS

Agora que chegou a Marrocos pode deixar-se levar pelo vento, conduzir a sua viatura e partir à descoberta do país.

Se desembarcou em Ceuta, Tânger ou Tânger-Med poderá considerar os seguintes trajectos e tempos estimados de condução, em percursos sem portagens e sem considerar eventuais paragens, para iniciar a sua viagem:

  • Tetouan – 65 km / 1 hora
  • Chefchaouen – 110 km / 2 horas
  • Rabat – 250 km / 2:30 horas
  • Casablanca – 340 km / 3:30 horas
  • Fez – 305 km / 4:30 horas
  • Meknes – 265 km / 4 horas
  • Marraquexe – 630 km / 8 horas
  • Ouarzazate – 730 km / 11 horas
  • Merzouga nas Dunas de Erg Chebbi – 860 km / 13 horas
  • Essaouira – 730 km / 7:30 horas

Se chegou a Melilla ou Nador, conte com tempos um pouco mais alargados para alguns destes locais:

  • Tetouan – 350 km / 6 horas
  • Chefchaouen – 350 km / 6 horas
  • Rabat – 618 km / 9 horas
  • Casablanca – 700 km / 9:30 horas
  • Fez – 380 km / 4:30 horas
  • Meknes – 370 km / 4 horas
  • Marraquexe – 765 km / 11 horas
  • Ouarzazate – 800 km / 11 horas
  • Merzouga nas Dunas de Erg Chebbi – 660 km / 10 horas
  • Essaouira – 1000 km / 10 horas

Conselhos Soltos

BARCO ESPANHA MARROCOS
BARCO ESPANHA MARROCOS

Sempre que possível compre os seus bilhetes online, com antecedência, especialmente se viajar na época alta e se trouxe uma viatura.

Se tem tendência a enjoar, apesar das águas do Mediterrâneo serem geralmente calmas, será melhor tomar um comprimido Sturgeon meia-hora antes de iniciar a viagem.

Esteja preparado para imprevistos. Problemas técnicos ou condições meteorológicas adversas podem causar atrasos ou mesmo cancelamentos nas travessias de Espanha para Marrocos.

Não esqueça que a hora em Marrocos é a mesma que em Portugal, ou seja, menos uma hora do que em Espanha.

Uma vez a bordo do ferry, procure o local onde se procederá à verificação de passaportes para entrada em Marrocos. Se se deixar ficar para fim poderá ter pela frente uma fila bem longa.

Confirme horários e preços nos websites das operadoras. Os elementos indicados neste artigo estavam actualizados à data de publicação mas para além de tudo isto ser dinâmico, os valores dos bilhetes não são fixos, podendo oscilar consoante a época e a procura.

Empresas ferry:

A Melhor Opção

BARCO ESPANHA MARROCOS
BARCO ESPANHA MARROCOS

A minha recomendação é no sentido de escolher a travessia entre Tarifa e Tânger com a FRS. Há imensas ligações diárias, é rápida, relativamente económica, os navios não são nada maus e a companhia é geralmente fiável. Além disso ficará logo em Tânger, de onde as ligações para outras cidades do país são fáceis.