Yves Saint Laurent

Yves Saint Laurent

Se existe algum nome da moda mundial intimamente ligado a Marrocos é o de Yves Saint Laurent.

O estilista, de naturalidade argelina, falecido em 2008, era co-proprietário com o seu companheiro Pierre Bergé de um dos locais mais visitados de Marraquexe.

Os jardins Majorelle foram criados pelo pintor francês Jacques Majorelle e são, actualmente, um local com uma grande diversidade botânica.

Tem inúmeras plantas e uma casa central, de cor azul forte, que se destaca e que até ficou conhecida como azul Majorelle.

Os jardins Majorelle abriram ao público em 1947, mas após a morte de Jacques Majorelle a propriedade ficou abandonada e em mau estado até 1980.

Foi aí que Yves Saint Laurent decidiu ficar com a propriedade e recuperá-la com o seu companheiro Pierre Bergé.

Mas essa não era a primeira que Yves Saint Laurent ia a Marrocos. Já nos anos 60 tinha visitado Marraquexe e comprado com Bergé uma casa na cidade.

Era uma casa grande que ficou conhecida como “A Casa da Serpente”. Como passava parte do ano entre Marraquexe e Paris, acabou por comprar uma outra casa mais perto dos jardins Majorelle.

Jardins Majorelle em Marrakech

Jardins Majorelle em Marrakech

Nos jardins Majorelle está também situado o Museu de Arte Islâmica. Está montado no antigo atelier de Jacques Majorelle e reúne uma colecção com jóias berberes, rendas e artefactos de madeira entalhada – muitas peças são privadas de Yves Saint Laurent e Bergé. Está aberto ao público e pode ser tudo visitado.

No exterior, nos jardins, pode ver a colecção de cactos variados, palmeiras e de uma espécie de floresta de bambus. Também tem buganvílias muito floridas que rodeiam a casa de estilo Art Déco (onde está o Museu de Arte Islâmica).

Era aqui que Yves Saint Laurent descansava, longe dos paparazzi e também encontrava, muitas vezes, inspiração para as suas colecções de moda. Dois anos após a sua morte, Bergé promoveu uma exposição, em Marraquexe, com criações do estilista, inspiradas pelas cores e tecidos marroquinos.

Mas a sua passagem por Marrocos também se mostra na moda. A marca Yves Saint Laurent tem vernizes com cores variadas e uma delas é o azul royal.

Inspirado em quê?

Na casa de Yves Saint Laurent em Marrocos.

Também já várias vezes foram feitas produções nos jardins Majorelle, com peças de roupa de inspiração marroquina com a marca YSL.

Placa da Rua Yves Saint Laurent em Marrakech

Placa da Rua Yves Saint Laurent em Marrakech

Pela sua profunda ligação à cidade e ao espaço Majorelle, após a morte de Yves Saint Laurent, o corpo foi cremado e as cinzas espalhadas nos jardins. Na cerimónia estiveram presentes o ex-ministro da Cultura de França Jack Lang e a estilista Paloma Picasso, entre muitos outros.

Depois desta ligação tão forte do estilista à cidade de Marraquexe e a Marrocos, não é também de admirar que exista uma rua com o seu nome – inaugurada em 2010 – a Rua Yves Saint Laurent.

📷 Seguir Marrocos.com no Instagram