VISITAR TANGER MARROCOS

Visitar Tanger Marrocos

Tanger Marrocos é uma cidade do norte do país com 669.685 habitantes e é banhada pelo Oceano Atlântico e pelo Mar Mediterrâneo ao mesmo tempo.

A cidade de Tânger está conectada ao resto de Marrocos por ferrovias e novas vias expressas. O Aeroporto Internacional Ibn Batouta fica a 15 km do centro da cidade. E, mesmo com todas as indústrias modernas, Tânger ainda tem uma medina antiga, onde os artistas vendem os seus produtos. 

Artigos de couro são a especialidade, juntamente com roupas tradicionais, sapatos, artesanato em prata e itens de madeira. O portão de entrada para a Medina é encontrado perto da Grande Mesquita e se conecta com as praias.

O turismo está se tornando uma importante indústria com investidores estrangeiros construindo resorts à beira-mar. Cabo Espartel, a entrada para o Estreito de Gibraltar, fica nas proximidades. Os visitantes vão lá para ver o famoso farol, bem como a costa da Europa do lado africano.

E Tânger está em constante e rápido crescimento. Nos últimos vinte anos, a população da cidade quadruplicou.


Como chegar em Tânger?

Tânger é servido pelo Aeroporto de Tânger-Ibn Batouta e também por companhias de comboio e autocarro.

Como chegar de Rabat a Tânger

É possível ir de Rabat a Tânger por meio de comboio, autocarro ou mesmo de carro.

  • Comboio (Trem)

Pegue um comboio com a empresa ONCF (Moroccan Railways) da estação Rabat Agdal até Tânger. Serão apenas 1h 20m de viagem ao custo de 98 a 380 Dirhams (9 a 35 euros).

  • Autocarro (Ônibus)

Outra opção é ir de autocarro numa viagem que demora um pouco mais: são 4h 15m no total. Em contrapartida, custa menos, cerca de 80 a 120 Dirhams (8 a 11 euros). Existem duas empresas que fazem o percurso, a CTM e a Eurolines.

  • Carro

Se está pensando em alugar um carro para deixar a sua viagem mais cômoda, veja aqui no site o passo a passo de como alugar um carro em Marrocos. A viagem será de cerca de 2h30m (248 km) e o valor gasto com combustível varia de 200 a 315 Dirhams (19 a 29 euros).

Como chegar de Marrakech a Tânger

É possível ir de Marrakech a Tânger de avião, comboio, autocarro e de carro.

  • Avião

Pegue um voo do Aeroporto de Marrakech (RAK) até o Aeroporto de Tânger (TNG) com a Air Arabia Maroc. Serão 1h 10m de viagem ao custo de 270 a 870 (25 a 80 euros).

  • Comboio (Trem)

Outra opção é pegar um comboio de Marrakech até Tânger com a Moroccan Railways (ONCF). A viagem dura cerca de 5 horas e custa de 250 a 490 Dirhams (23 a 45 euros).

  • Autocarro (Ônibus)

É possível ir de Marrakech a Tânger de autocarro com as companhias CTM e Eurolines. Serão cerca de 9 horas de viagem ao custo de 185 a 250 Dirhams (17 a 23 euros).

  • Carro

Por fim, é possível alugar um carro em Marrocos (veja aqui o passo a passo) e percorrer os 577 km em cerca de 5h 30m de viagem. O custo aproximado com combustível é de 490 a 760 Dirhams (45 a 70 euros).


Quando visitar Tânger?

A melhor época para visitar Tânger é de setembro a novembro e de março a maio, ou seja, durante o outono e primavera, quando o clima está perfeito: nem muito quente e nem muito frio.

Outra vantagem é que a temporada turística ainda não está em pleno andamento, o que não deixa as cidades tão lotadas e aumentam as chances de se encontrar bons hotéis e riads com um preço justo.

A temporada turística entra em seu pico durante os meses de julho e agosto. Durante esses meses, a combinação de multidões e temperaturas sufocantes pode não ser tão agradável. No entanto, se precisar viajar durante esse período, faça as suas reservas de hotel com antecedência para garantir um quarto e leve o seu protetor solar!

TANGER WEATHER

O que vestir em Tânger? Calças compridas ou saias e vestidos longos são recomendados. As mulheres recebem muita atenção indesejada ao passear por Tânger usando shorts ou uma saia curta. Use camisetas com mangas de 3/4 de comprimento e sempre leve um lenço para envolver seus ombros, especialmente ao entrar em um local religioso ou formal.

Quantos dias ficar em Tânger? De um a dois dias de viagem é o tempo normalmente suficiente para ver os pontos turísticos da cidade. 

Leia também o nosso roteiro de 24 horas em Tânger e o de 48 horas em Tânger.


História de Tânger

O nome Tânger tem origem na mitologia greco-romana. “Tinjis” era o nome da mulher de Anteu, que casou-se com Héracles após a morte do primeiro marido. O filho de Tinjis e Héracles se chamava Sufax, que quando adulto, tornou-se rei e fundou uma cidade com o nome da mãe, onde hoje é a atual Tânger.

Uma das principais atrações turísticas de Tânger são as grutas de Hércules – situadas a poucos quilómetros a sudoeste da cidade – e, segundo a lenda, Hércules teria passado a noite ali antes de realizar o roubo das maçãs do Jardim das Hespérides.

De acordo com registros arqueológicos e históricos, há indicação de ocupação pré-histórica em Tânger, mas ela foi dominada mesmo somente no século I a.C, pelos romanos.

Já entre o quarto e quinto séculos, Tânger fazia parte do Império Bizantino, até que os árabes chegaram no início dos anos 700. Os portugueses, por sua vez, reivindicaram a área no final do ano 1400. 

Espanha e Portugal governaram a cidade de Tânger juntos por cerca de 60 anos, mas esta ficou sob domínio somente português em meados dos anos 1600. Contudo, quando Catarina de Bragança (Portugal) casou-se com Carlos II da Inglaterra, Tânger lhe foi dado como parte do dote da princesa. 

Os britânicos governaram a cidade até que o sultão Moulay Ismail impôs um bloqueio que forçou os britânicos a se retirarem. Ao saírem, os britânicos destruíram Tânger e seu porto. 

Embora parcialmente reconstruída, a cidade diminuiu para cerca de 5.000 pessoas no início do século XIX. E devido a sua localização geográfica, muitos países europeus disputaram o seu controle.

A França foi a mais influente, quando o Kaiser da Alemanha disse ser favorável a que Marrocos permanecesse um país livre. Isso quase desencadeou uma guerra entre França e Alemanha. Marrocos foi então dividido entre a França e a Espanha. 

Na década de 1920, Tânger tornou-se uma zona internacional, mantida pela França, Espanha, Grã-Bretanha e Itália, até a Segunda Guerra Mundial. 

A Espanha deteve o controle de Tânger até que Marrocos conquistou a sua independência e a cidade ficou com restante do país.

Tânger tem um passado marcado, conhecido como um refúgio seguro para espiões internacionais e um ponto de encontro para agentes secretos. E também foi usada como local para muitos romances e filmes de espionagem, por ter ainda uma reputação de centro de contrabando. 

Hoje, Tânger é o segundo maior centro industrial em Marrocos, com sua Zona Franca. A pesca e a agricultura são duas indústrias menores, mas que contribuem para sua economia.


Pontos turísticos de Tanger

O que visitar em Tanger. Locais e monumentos principais da cidade.

Medina: é a principal atração de Tânger. Um labirinto de becos comerciais e residenciais contido pelas paredes de uma fortaleza portuguesa do século XV, embora a maioria dos edifícios sejam relativamente novos para uma medina marroquina. Limpa e bem iluminada, o lugar está cheio de tesouros para os viajantes, que vão desde observar o dia a dia dos marroquinos até fazer compras nos souks (mercados tradicionais).

Hercules Cave: é uma caverna que recebe este nome, ao passo que existe uma lenda de  que Hércules teria passado uma noite ali. A caverna é pequena, mas interessante, com vista para o mar por meio de um buraco. Os turistas costumam adorar esta atração que é gratuita e paga-se apenas o transporte até o local.

Cabo Espartel (Cap Spartel): é um cabo localizado na costa de Marrocos, com um farol no topo do penhasco. As pessoas que vão até o local têm uma vista magnífica da união do Oceano Atlântico com o Mar Mediterrâneo.

Kasbah de Tânger: é a fortaleza da cidade e vale a pena ser visitada para mergulhar na cultura da cidade e imaginar-se nos tempos da Idade Média.

Parc Perdicaris: é um grandioso parque natural ideal para passar alguns momentos próximo à natureza, relaxar e respirar ar puro.

Kasbah Museum: este museu recentemente remodelado está situado no antigo palácio do sultão de Dar El Makhzen. O foco das exposições está na história da área desde os tempos pré-históricos até o século XIX. 

Os destaques particulares são o mosaico de Vênus de Volubilis e as estátuas, além das réplicas de mapas gigantes. O primeiro mapa acompanha rotas comerciais do comércio fenício de metais até os produtos eletrônicos do século XXI; o segundo é um lindo mapa do mundo feito em Tânger em 1154 (dica: está de cabeça para baixo do ponto de vista do espectador). O museu fica fora da medina – siga até o extremo oeste na parte mais alta da cidade, entre no portão Bab Kasbah e vá pela estrada que leva até o museu.

Museu da Legação Americana de Tânger (American Legation): este museu, em uma elegante mansão de cinco andares, possui algumas exibições incomuns, incluindo um tapete marroquino de estrelas e listras e uma carta de 1839 de um cônsul dos Estados Unidos que recebeu dois leões como presente diplomático.

O museu também tem uma impressionante exibição de pinturas que dão uma visão do passado de Tânger através dos olhos de seus artistas, mais notavelmente o escocês James McBey, cuja pintura de sua criada Zohra, foi chamada de Mona Lisa marroquina. Há uma pequena livraria e uma ala dedicada ao autor americano Paul Bowles.

Praia de Tânger: é um local movimentado durante todo o dia, bom para caminhar ou correr pela orla e tirar belas fotos. Durante a noite fica muito movimentado também, pelos bares, restaurantes e clubs da região.

Grand Socco: é um grande mercado tradicional em Tânger e é a entrada oficial da medina. O termo socco é uma versão espanhola do souk árabe. No local há uma praça maravilhosa para observar o mov

imento ou parar para tomar um chá e lá também está o Cinema Rif, um cinema que exibe filmes nacionais e internacionais e possui uma arquitetura Art Deco.

Petit Socco: este local já foi um dia o ponto de tráfico de drogas mais famoso de Tânger e de todas as formas de prostituição. No entanto, atualmente as fachadas estão pintadas e os turistas são passeiam por ali tranquilamente.

Igreja de Santo André: é uma das esquisitices mais encantadoras de Tânger. Concluída em 1890 em terras concedidas pelo sultão Hassan, o interior desta igreja anglicana é decorado em alto estilo Fassi, com a oração do Pai Nosso em árabe sobre o altar. Atrás do altar há uma fenda que indica a direção de Meca, com citações esculpidas do Alcorão.

No local há um cemitério, onde está enterrado o jornalista e explorador marroquino Tanjaoui Walter Harris, juntamente com Thomas Kirby Green, um dos prisioneiros de guerra baleados durante o ‘Great Escape’. Há também uma seção sombria de sepulturas de guerra de tripulações inteiras.

Sinagoga Nahon (Old Synagogue): situado entre Grand e Petit Soccos, este é um local de culto da religião judaica que está aberto há mais de um século e acabou por tornar-se um museu com objetos de outras sinagogas. Possui uma bela arquitetura no estilo mourisco-espanhol, que encanta a quem a visita.

Tumba de Ibne Batuta: é o modesto túmulo de Ibne Batuta, que foi um viajante e explorador berbere, nascido em Tânger em 1304. Estudioso e juiz, Ibn Battuta viajou pelo norte da África, pelo Oriente Médio e depois pela Rússia, Ásia Central e China, retornando por meio do Sri Lanka e da África Oriental. Depois de parar em casa, ele então viajou para o Saara e África Ocidental, e resolveu escrever tudo sobre as suas viagens em 1355.

Fondation Lorin: é um museu de arte que fica em uma antiga sinagoga. Aqui encontrará uma sala aberta de dois andares com uma envolvente coleção de fotografias em preto e branco do Tejo dos séculos XIX e XX. Enquanto isso, provavelmente haverá uma produção teatral infantil no centro – já que o museu funciona como uma oficina para crianças carentes, que dá vida à exibição estática.

Grande Mesquita de Tânger: é uma mesquita na área de Grand Socco, que foi construída no local de uma antiga catedral portuguesa que, por sua vez, ficava num templo romano dedicado a Hércules. A mesquita remonta ao período de Moulay Ismail e foi ampliada em 1815 por Moulay Sliman. Mohammed V visitou o local em 11 de abril de 1947, fazendo um discurso histórico nos Jardins Mendoubia. 

Jardins de La Mendoubia: é um grande parque muito arborizado e frequentado por famílias para relaxar e estar em um ambiente um pouco mais fresco nos dias de calor. Os jardins são rodeados por uma linha elegante de edifícios coloniais e uma das principais características do parque é uma árvore banyan (figueira-de-bengala) que tem mais de 800 anos de idade.

Terrasse des Paresseux (Terraço do Preguiçoso): é um terraço que no passado era o local onde ricos iam para descansar e ter uma bela vista panorâmica da cidade, do porto, da Espanha e, em um dia muito claro, de Gibraltar também. Hoje o local é muito visitado por turistas que querem aproveitar a vista e ver o conjunto de antigos canhões que ainda estão por lá. No local foi gravada uma cena do filme “The Bourne Ultimatum”.

Wafa Even Parc: é um parque de diversões para crianças que oferece carrinhos de bate-bate, castelos infláveis, uma montanha-russa com mini-looping e uma roda-gigante brilhantemente iluminada. Os aromas de algodão doce e nozes caramelizadas flutuam em um espetáculo colorido e barulhento no centro da cidade.

Tanjazz: é um festival de jazz organizado todos os anos em Tânger, dedicado a todos os tipos de música semelhantes ao jazz. O festival engloba concertos gratuitos em palcos públicos da cidade, entretenimento de rua, shows e atividades no Palácio das instituições Italianas.

Nuits Sonores Tanger: é um festival de música de vanguarda gratuito. É um desdobramento do original Nuits Sonores em Lyon, na França, e se apóia fortemente na música eletrônica e nas artes contemporâneas.


Vida noturna em Tânger

Number One: é um pequeno bar (há um restaurante ao lado) que dispõe de cerveja gelada, vinho e outras bebidas alcoólicas. A decoração é adoravelmente funky, assim como a coleção de CDs do bar. 

Nord Pinus Tanger: no último andar desta pousada há um bar com terraço, com uma vista fabulosa para a Espanha. Beba um coquetel no salão retrô-chic cheio de cadeiras peculiares, almofadas marroquinas e fotografia contemporânea. É um ótimo lugar para uma bebida gelada.

Beach Club 555: durante o dia é um clube de praia com piscina, pizzaria e bar com uma tela de esportes, e à noite se transforma em uma das melhores discotecas da cidade. Dance bastante com os DJs residentes e convidados.

Piano Bar no El Morocco Club: é um bar bom para tomar alguns drinks, localizado próximo ao Kasbah. Normalmente há música ao vivo nos finais de semana.

Regine Club: é uma discoteca no estilo anos 1980, repleta de bolas refletoras de vidro e sofás de veludo roxo. Tem um ótimo ambiente depois da meia-noite, especialmente nos finais de semana.


Onde comer em Tânger?

Restaurantes

Restaurant El Korsan: um dos melhores restaurantes de Tânger, este lugar chique e elegante no El Minzah Hotel oferece clássicos marroquinos bem apresentados, servidos com música ao vivo suave, e muitas vezes dança tradicional. Reservas são necessárias, incluindo aviso prévio de um dia para o almoço. Vista-se bem!

  • Endereço: 85 Rue de La Liberté, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias das 08:00–21:00

Restaurant Saveur de Poisson: este encantador restaurante de mariscos oferece um excelente menu num ambiente rústico. O proprietário serve uma refeição de quatro pratos de sopa de peixe, seguida por pratos inventivos de peixe fresco, azeitonas e vários pães frescos, todos regados com um coquetel de suco caseiro feito de uma dúzia de frutas.

  • Endereço: 2 Escalier Waller, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias às 13:00–17:00 e às 19:00–22:30

Anna e Paolo: é um genuíno bistrô italiano de gerência familiar, com proprietários venezianos. No menu tem comidas saudáveis, incluindo excelentes pizzas, massas caseiras, carne e peixe.

  • Endereço: Endereço: 77 Avenue Prince Héritier, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto de segunda à sábado das 12:00–15:00 e 20:00–23:00

El Morocco Club: uma renovação muito inteligente deste elegante edifício resultou num elegante restaurante no andar de cima e um piano bar mais descontraído no piso térreo. Possui cores dramáticas e o bar aconchegante tem algumas fotografias fascinantes nas paredes. Durante o dia, há um café do lado de fora sob as árvores.

  • Endereço: Place du Tabor, Kasbah, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias das 09:00–23:30

Vintage: o restaurante/café traz um toque de hipster para Tânger. Cadeiras e mesas pendem do teto e coquetéis são servidos em lâmpadas de vidro. Pratos de peixe, filés e massas são servidos, mas a atração principal é o milk-shake de quatro colheres.

  • Endereço: Avenue des phares 9, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias das 07:30–01:00

Casa Cesar: não é de se surpreender que este restaurante espanhol em frente à Plage Malabata seja especializado em frutos do mar. Coma peixe frito ao estilo de Málaga e uma deliciosa paella com vista para a orla moderna e música ao vivo como trilha sonora, se estiver aqui à noite.

  • Endereço: Avenue Mohamed 6, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias das 13:30 – 23:30

Le Pagode: Se está cansado de tajines e massas, esse pedaço da Ásia é uma boa alternativa. Possui uma área de jantar intimista e elegante, com móveis lacados, toalhas de mesa brancas e iluminação baixa, combina com um cardápio clássico chinês.

  • Endereço: 3 rue El Boussairi, Tânger – Marrocos
  • Horário: Aberto de terça-feira à domingo das 12:30–14:45 e 19:40–23:30

Cafés

Gran Café de Paris: este é o mais famoso dos estabelecimentos de café ao longo da Blvd Pasteur. O local foi usado como cenário do filme “The Bourne Ultimatum”. No passado, era um ponto de encontro privilegiado para os literatos de Tânger.

  • Endereço: Place de France, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias às 06:30–23:00

El Morocco Café: é um lugar absolutamente agradável para passar uma hora ou mais em um pequeno almoço (café da manhã), brunch ou mesmo uma pausa para um suco ou café.  Está localizado em uma pequena praça no Kasbah e é uma versão mais simples do El Morocco Club.

  • Endereço: Kasbah, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias das 08:00–21:00

La Giralda: Os jovens adoram este grandioso café com vista para o Terrasse des Paresseux, com a sua pomposa decoração de influência egípcia e o teto esculpido. Janelas enormes dão excelentes vistas para o mar. Com um cardápio leve de crepes e sanduíches proporciona também uma boa opção de almoço.

  • Endereço: 2 Angle Bd Pasteur Et Ahmed Chaouki, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias das 07:00–23:00

Cinema Rif: a luz mais brilhante da cena cultural de Tânger, o Cinema Rif é uma combinação de cinema e café e o ponto focal para qualquer coisa relacionada a filmes. Os jovens locais vêm para aproveitar o ambiente e usar o wi-fi gratuito neste requintado e bem restaurado edifício art-deco. São exibidos filmes indie e mainstream, principalmente americanos, marroquinos, espanhóis ou franceses (sendo os filmes espanhóis e americanos geralmente dublados em árabe).

  • Endereço: 3 Rue de La Liberte, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias das 12:00–00:00

Champs Élysées: é um grande café de Tânger e muito elegante com um enorme lustre central e sofás de veludo vermelho. Possui excelentes bolos no cardápio.

  • Endereço: 6 Ave Mohammed V, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias das 08:00–21:00

Patisserie La Española: é um café que atrai moradores locais e estrangeiros por seus famosos bolos e doces. 

  • Endereço: Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias das 08:00–21:00

Café à l’Anglaise: é um café shabby-chic com fachada azul e que serve um bom peixe e uma variedade de tajines e saladas marroquinas. O andar de baixo é acolhedor, mas há um terraço no andar de cima para quando o lugar fica lotado. A comida é saborosa e há uma taxa de serviço de 10% incluída automaticamente no preço final.

  • Endereço: 37 Rue de la Kasbah, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias das 10:30–22:00

RR Ice: este local é ideal para apreciar a vista privilegiada do mar da Baía de Tânger. Ele dispõe de pequeno almoço (café da manhã), que inclui coquetéis de sucos exóticos e queijos curados do país, como o jiben, macio e azedo. O gramado bem cuidado ostenta gazebos para proteger-lhe do sol e poder apreciar a bela vista panorâmica.

  • Endereço: Avenue Mohamed 6, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias das 08:00–21:00

Café Central: O principal local de observação de pessoas na medina, com mesas na calçada em frente à Petit Socco. Veja os ricos chegando em seus carros de luxo, observe os mais diversos tipos de pessoas passarem, ouça os estranhos gritos ecoarem pelos becos, e imagine o que está acontecendo lá em cima. É o lugar perfeito para saborear o seu café.

  • Endereço: Rue de la Marine, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias das 07:00–23:00

La Gelateria: é um café arejado com vista para a Mesquita Mohammed V. O cardápio possui doces, sorvetes de massa e de cone e divinos pratos de seis colheres.

  • Endereço: Kuwait Square and Avenue Mohamed VI corner Louis Van Beethoven Avenue, Tânger – Marrocos
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias das 07:00–23:00

Onde fazer compras em Tânger?

Socco Alto: é um grande shopping center de Tânger, com lojas de marcas nacionais e internacionais, além de possuir um hipermercado Carrefour, boliche, um pequeno parque de diversões e estacionamento gratuito.

Ibn Batouta Mall: é o mais novo centro comercial de Tânger com três andares. Possui diversas lojas, um hipermercado Carrefour, uma arena de apresentações para músicos locais e um café no último andar com uma varanda com vista para um parque principal da cidade.

Tangier City Mall: era o primeiro shopping center de seu tipo na cidade, quando abriu as suas portas em 2016 e hoje ainda é maior que o Batouta e o Socco Mall. Abriga o único cinema multiplex de Tânger, o Mégarama e uma variedade de lojas, praça de alimentação, parque de diversão para crianças e uma imbatível arena de laser em seus três andares.

Bleu de Fes: é o melhor lugar para comprar tapetes em Tânger, com preços justos e profissionais que dominam o assunto e são apaixonados por sua profissão, por isso são capazes de explicar todos os detalhes de cada item, sem pressionar os visitantes a comprarem.

Traditional Art Gallery: é uma loja de tapetes e itens de decoração para casa. Há uma grande diversidade de tamanhos, cores e desenhos de tapetes, mas geralmente os preços são altos, principalmente para turistas, então pechinche bastante!

Las Chicas: do lado de fora da Kasbah, esta é uma mistura eclética de loja, estocagem de peças de arte, artigos de casa, cosméticos e algumas roupas de grife requintadas, bem ao lado de um café. 

Boutique Majid: é uma loja de antiguidades exóticas, mas a verdadeira jóia é o próprio Majid, que irá contagiá-lo com histórias dos Rolling Stones e outros artistas, enquanto mostra a incrível coleção de portas marroquinas, joias, artefatos, roupas, tecidos e tapetes.

El Tapisero: a equipe desta empresa de tecelagem de tapetes é muito criativa e trabalha com alguns dos grandes decoradores europeus. Espere pagar cerca de € 50 a € 250 por metro quadrado.

Librairie des Colonnes: é a melhor livraria de Tânger, com uma seção de livros em inglês e uma arquitetura maravilhosa. Há leituras de livros e eventos frequentes, incluindo apresentações de autores. Era uma vez o refúgio dos escritores Paul Bowles, Jean Genet, Samuel Becket e William Burroughs.

DARNA: também conhecida como a associação das mulheres de Tânger, é um pequeno complexo que oferece um restaurante barato, uma butique com artesanato e roupas e um pátio ensolarado. O local torna-se uma parada popular para o almoço ou apenas um lugar para relaxar. Desde 2002, a DARNA tem servido como uma casa comunitária para ajudar as mulheres locais necessitadas, como aquelas que sofrem os efeitos posteriores do divórcio.

Bazar Tindouf: esta loja em frente ao El Minzah Hotel está repleta de antiguidades, objetos de vidro, latão, cerâmicas, luminárias, joias, roupas e muito mais. Definitivamente vale a pena visitar

Laura Wefling: ao lado do Museu Kasbah, esta é uma bela loja com algumas peças únicas de roupas, bolsas, itens de decoração e cerâmica.


Guia de Viagem de Tânger

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá, somos a equipa do Marrocos.Com
Saudações do Deserto!
Como podemos ajudar?