Destinos de ski em Marrocos – África com Neve

Quando se pensa em Marrocos, a primeira coisa que vem à cabeça, não é certamente neve, nem poder fazer ski.

Esquiar / ski em Marrocos

E esta hein? Esquiar em Marrocos?!

A sério?

O país do deserto, das temperaturas escaldantes?

Esquiar onde, nas areias do Sahara?

Nada disso!

MONTANHA MARROCOS
Lago em Oukaimeden, perto de Marraquexe

Como tantas vezes acontece em países com uma certa dimensão, a realidade ultrapassa os estereótipos. Sim, há estâncias de esqui em Marrocos, como as há na Turquia ou no Irão. Na realidade, Marrocos é um dos três países africanos – os outros são o Lesotho e a África do Sul – onde se pode esquiar e é especialmente popular entre os turistas magrebinos amantes de desportos de inverno que se podem aqui deslocar sem os problemas com obtenção de visto necessário para entrar na Europa.

Apesar de Marrocos não ser famoso entre os viajantes pelas suas pistas de esqui, a verdade é que é possível descer umas boas encostas cobertas de neve e que um pouco de variedade só valorizará uma viagem pelo país.

O mesmo se aplica ao Snowboarding, que pode ser practicado em Marrocos, assim como outros tipos de desportos de inverno, nas mesmas áreas utilizadas para o esqui.

Um sinal destas possibilidades é a presença de Marrocos nos Jogos Olímpicos de Inverno. Na sua edição de 2018, que teve lugar na Coreia do Sul, Marrocos apresentou dois atletas, um na modalidade de esqui alpino e outro em esqui cross-country.

Oukaimeden

Neve em Oukaimeden Marrocos
Neve em Oukaimeden Marrocos
Oukaimeden é a estância de esqui mais popular de Marrocos, tendo vinte troços totalizando 10 km de pistas (5 km de pistas azuis, 3 km de pistas vermelhas e 2 km de pistas pretas) e um desnível de 658 m, entre os 2610 m e os 3258 m. A pista mais longa é de 3 km e deverá ter-se em atenção que nenhuma das opções que se iniciam no topo são fáceis. Os troços “pretos” são especialmente complicados, devido à fraca manutenção das pistas e à existência de rocha sob a neve.

Estão disponíveis sete elevadores mas os mais radicais poderão optar pelo transporte de burro ou de camelo até ao topo das pistas.
Oikameden localiza-se no sistema montanhoso do Alto Atlas, a uns surpreendentes 75 km a sul de Marraquexe e trata-se da estância de desportos de Inverno mais elevada de África, com o pico Jebel Attar nos tais 3258 m de altitude.

As condições ideais variam de ano para ano, mas para jogar pelo seguro, se planeia vir até aqui para um pouco de desportos de Inverno, será melhor aparecer entre meados de Janeiro e meados de Fevereiro.

As pistas têm uma manutenção mínima e os camiões limpa-neves mantêm as estradas transitáveis. De resto, se o viajante despertasse em Oukaimeden sem referências absolutamente nenhumas, poderia por momentos pensar que se encontrava numa estância europeia. À parte da tez mais escura da pele da multidão e da arquitectura um pouco diferente, quase tudo por aqui remete para a qualidade assegurada nos resorts europeus.

Contudo, apesar de seguras, as pistas podem levantar algumas dúvidas, e alguns esquiadores preferem contratar um local para garantir que não saem do percurso.

Há lojas da especialidade, hotéis e escolas de esqui. Quem muito justificadamente não quiser viajar com o seu material ou não possuir equipamento de esqui, poderá alugar tudo o que necessita em Oukaimeden. Os artigos disponíveis estão geralmente em boa condição apesar de poderem estar um pouco obsoletos. O equipamento de base para a prática de esqui fica aqui por uns 17 Euros por dia na loja oficial da estância e para aí um terço deste valor nos estabelecimentos paralelos, onde contudo o equipamento é verdadeiramente arcaico. Já agora, o passe para o serviço de elevadores custa cerca de 10 Euros por dia e quem quiser ter aulas de esqui deverá contar com uma tarifa entre 4 e os 9 Euros por hora.

Ninguém passará fome em Oukaimeden. Existe um bom número de barraquinhas servindo diversas iguarias marroquinas e um hotel-restaurante, o Chez Juju, adequado para uma refeição mais convencional.

Desde há muito que os marroquinos abastados vêm até aqui para esquiar, mas nos últimos anos tem havido uma procura crescente por parte de estrangeiros, quase sempre surpreendidos pela possibilidade de praticarem desportos de Inverno em Marrocos. Contudo, tem-se assistido a uma diminuição da queda de neve e há alguma preocupação entre os amantes do esqui.

O período característico para a prática de esqui nesta estância, quando bons tapetes de neve estão quase assegurados é o de Janeiro e Fevereiro, especialmente entre os dias 15 destes meses. Mas com sorte podem-se reunir condições para esquiar em Dezembro e em anos com boa queda de neve, esta época pode estender-se até meados de Abril.

■ Veja ainda a página com fotografias de Oukaimeden.

Como Chegar a Oukaimeden

Oukaimeden em Marrocos
Oukaimeden em Marrocos
O melhor mesmo é ter uma viatura própria, mas se não quiser mesmo, então a solução está num grand taxi a partir da Bab er-Rob / Rue Ibn Rochd, em Marrakesh, que lhe custará algo como 500 Dirhams (cerca de 44 Euros). Mas, claro, tudo é negociável. Uma terceira alternativa é juntar-se a um tour organizado por uma das empresas de turismo de Marrakesh.

Note que muitos dos que se deslocam a Oukaimeden para esquiar, especialmente os locais, optam por o fazer a partir de Marrakesh, uma tirada que demorará umas duas horas para cada lado.

Onde Ficar em Oukaimeden

Não vou dizer que existem imensos sítios para ficar em Oukaimeden mas, especialmente se tiver ao seu dispor uma viatura privada, há possibilidades de sonho por preços ridiculamente baixos, de tal forma que poderá mesmo considerar visitar a região fora da época de esqui.

Les Jardins du Toubkal estão cotados com 9,6 pontos pelos utilizadores do Booking.com e um quarto duplo ali custa apenas 19 Euros, com pequeno-almoço incluido e outras refeições disponíveis por um preço adicional. Os aposentos são agradáveis, bem decorados, e da esplanada têm-se vistas de cortar a respiração. Se viajar com um grupo grande há propostas ainda mais vantajosas, com quartos quádruplos e triplos e até um apartamento com quatro quartos por 90 Euros por dia. Contudo, este alojamento fica em Imlil, a cerca de 8 km da aldeia de Oukaimeden, não sendo o melhor para quem chega de transportes públicos.

De resto, a hospitalidade das gentes do Atlas faz-se sentir em quase todas as propostas nesta região, com espaços bem arranjados e anfitriões excelentes que ajudam a proporcionar uma estadia inesquecível. É uma questão de procurar a casa de turismo de habitação que mais lhe agradar na área de Oukaimeden .

Um conselho: se vier para esquiar, na época alta desta actividade, tente reservar com a antecedência possível, especialmente aos fins-de-semana, pois é possível encontrar todas as melhores opções esgotadas.

Ifrane – Michlifen

Mischliffen em Marrocos
Mischliffen em Marrocos

Apesar de Oukaimeden ser a única verdadeira estância de esqui em Marrocos, Ifrane poderá ter muito para oferecer ao amante da modalidade. Localiza-se no Atlas, a uns 65 km a sul de Meknes e de Fes e sendo conhecida pela estação de esqui de Michlifen, que será o segundo ponto mais popular no país para fazer esqui, a seguir a Oukaimeden.

Encontramos aqui algumas pistas acessíveis, adequadas para iniciados e esquiadores intermédios, servidas por um elevador, apesar de ser possível simplesmente caminhar até ao topo. As pistas são curtas e os ascensores obsoletos, mas mesmo assim há quem faça questão de fazer um pouco de esqui num país tão improvável como Marrocos e para quem visita o país de mochila às costas este é o melhor local para a prática de desportos de Inverno.

Aconselha-se a trazer equipamento próprio. Quem não o puder mesmo fazer tem sempre a opção de alugar, quer na estação de Michlifen quer na aldeia de Ifrane.

Uma particularidade de Ifrane é a sua atmosfera alpina, explicável pela influência francesa, uma vez que a maioria das construções que aqui se encontram datam da época do Protectorado Francês. A estação de esqui foi construída nos anos 50, mantendo-se praticamente inalterada desde então.

Como Chegar a Ifrane

Mischliffen em Marrocos
Mischliffen em Marrocos

Ao contrário de outros locais adequados para a prática de esqui em Marrocos, é possível chegar a Ifrane de autocarro. A CTM, assim como algumas empresas locais, asseguram estas ligações. A CTM tem mesmo um escritório em Ifrane, na parte este da cidade, depois do mercado, e é ali que chegam e partem os autocarros desta companhia. Os outros usam o terminal rodoviário, a sudoeste do mercado, para as suas operações. Há ligações de autocarro a Fes e a Meknes, quer de rotas directas para Ifrane que de rotas que se dirigem a Marrakesh mas que passam por aqui.

Se preferir ou precisar, existem grand taxis que asseguram as ligações de Meknes e Fes a Ifrane. Espere pagar 150 Dirhams de/para qualquer uma destas cidades. Isto se precisar de fretar a viatura por inteiro. Se partilhar, serão 25 Dirhams por pessoa. Note que se for caso disso, poderá encontrar grand táxis a arrancar para Ifrane directamente do aeroporto de Fes, mas espere pagar um pouco mais por isso.

Onde Ficar em Ifrane

Infelizmente não há muita oferta para alojamento na localidade, que tem cerca de 13 mil habitantes, e muitos dos visitantes optam por ficar em Azrou, que fica a 15 minutos e 6 Dirhams por grand taxi. Mesmo assim, existe um hotel directamente no resort de esqui. Para quem tem um carro próprio é possível ficar alojado numa das cidades próximas, passar um dia a fazer desportos de neve em Michlifen e regressar para jantar em Fes ou Meknes.

Tazaghart

Esta área não é para principiantes. Nem para praticantes intermédios. Não, em Tazaghart o esqui é pleno de adrenalina e apenas profissionais vêm até aqui, pelo menos com consciência do que vêm fazer. Para esquiar em Tazaghart não bastam uns esquis e umas roupas vistosas. Os esquiadores que podem ser visto nestas encostas vêm apetrechados com equipamento de topo de gama e acessórios de alta tecnologia.

Tazaghart não fica muito longe de Oukaimeden mas não espere as mesmas facilidades do que na famosa estância marroquina. Não, para chegar a Tazaghart há que trepar ao topo do Monte Jebel e o único apoio que existe é uma casa-abrigo que se encontra a 3.000 de altitude.

Bou Iblane

Fixe este nome. Se actualmente não se pode dizer que seja um destino de turismo de Inverno, há um investimento na área que indicia um futuro promissor para as encostas nevadas da região.

Fica na área de Fes, a uns 120 km da cidade, e pode-se tornar uma boa alternativa para os que pretendem esquiar em Marrocos longe das maiores concentrações de praticantes que acorrem aos pontos mais populares.

Aït Bou Guemez

Localizado na área central do Alto Atlas, este vale tem vindo a ser procurado por praticantes de esqui menos convencional. Aqui não se descem pistas e não se sobe até aos cumes com a ajuda de meios mecânicos. Em Aït Bou Guemez pratica-se o esqui off-piste, que exige equipamento específico e alguma perícia. Não há em Aït Bou Guemez estâncias, hotéis ou aluguer de material de esqui. Estará por sua conta e caso sinta a necessidade de apoio deverá contratar uma empresa da especialidade para o ajudar a usufruir do melhor do esqui nesta área.

Em Aït Bou Guemez destaca-se o Monte Azurki, que se eleva a 3.600. O esqui é aqui muito difícil, apenas para especialistas e quem tenha a perícia necessária fará aqui o melhor esqui de Marrocos.

Heliesqui

O Heliesqui, ou como se diz em inglês, Heliskiing, é uma modalidade de esqui relativamente recente, muito popular na América do Norte e na Europa e que começa a ser pratica em Marrocos.

Com o Heliesqui, um grupo de esquiadores é transportado de helicóptero até áreas inacessíveis e uma vez lá esquiam pela montanha abaixo, evitando as pistas convencionais e outros esquiadores.

Escusado será dizer que o Heliesqui é apenas para esquiadores experientes e que mesmo estes deverão fazer o percurso acompanhados de um guia local. Mesmo assim, por uma questão de segurança, é prática comum o helicóptero seguir o grupo durante a descida.
O Heliesqui está disponível a partir de Marraquexe, com a Heliski Marrakech.