Cidades de Marrocos – As Principais Cidades Marroquinas

Fez Marrocos

Fez Marrocos

Se Marraquexe é uma das cidades mais visitadas de Marrocos – se não a mais visitada mesmo – é também uma das cidades que faz parte do roteiro das cidades imperiais marroquinas.

A par de Marraquexe, fazem parte dessa lista as cidades de Fez, Rabat e Meknès.

E porquê cidades imperiais?

Porque foram capitais das antigas dinastias que reinaram em Marrocos. Outras cidades, ainda que não imperiais, têm uma enorme importância no turismo e desenvolvimento do país, como Casablanca, Ouarzazate, Agadir, Tânger ou Essaouira.

Rabat Marrocos

Rabat Marrocos

Rabat Marrocos

Mausoleum of Mohamed V in Rabat

Mausoleum of Mohamed V in Rabat

Rabat é a actual capital do Reino de Marrocos – já tinha sido cidade imperial em 1660 e, entre 1912 e 1956, quando foi capital do país quando do protectorado francês. A torre e o minarete do século XII são dois dos monumentos que mais se destacam.

Fica na costa Atlântica e, por isso, as suas praias são também muito visitadas por turistas. A cidade foi fundada em 1150 pelo sultão Abd al-Mu’min, que construiu a fortaleza para proteger a cidade.

Quando Marrocos obteve a sua independência, em 1956, o rei decidiu manter Rabat como capital do Reino de Marrocos.

Vídeo da cidade Rabat:

Casablanca Marrocos

Casablanca Marrocos

Casablanca Marrocos

Casablanca Marrocos

Casablanca Marrocos

Casablanca foi imortalizada internacionalmente, pelo filme do mesmo nome, com Humphrey Bogart e Ingrid Bergman. Esta é a maior cidade do país, situada na costa Atlântica, com 5,5 milhões de habitantes.

A sua arquitectura mistura a herança francesa, com a árabe e andaluza. Em 1755, um terramoto destruiu parte da cidade e como muitos comerciantes espanhóis fizeram lá vida, passou a chamar-se Casablanca.

Foi nesta cidade que teve lugar um encontro histórico, em 1943, durante a II Guerra Mundial, entre o presidente norte-americano Franklin Roosevelt e o primeiro-ministro britânico Winston Churchill. Passeie no parque da Liga Árabe e visite, em Casablanca, a medina histórica e a mesquita Hassan II, com um minarete de 200 metros de altura, tido como um dos maiores do mundo. Veja a nossa página com hotéis em Casablanca.

Vídeo da cidade Casablanca:

Fez Marrocos

Fez Marrocos

Fez Marrocos

Fez Marrocos

Fez Marrocos

Esta é a mais antiga das cidades imperiais marroquinas. Foi fundada em 808 e foi capital por várias vezes. É a terceira maior cidade de Marrocos, a seguir a Casablanca e Rabat.

Está dividida em três partes: a cidade medieval, preservada, apelidada de Fez el-Bali; a cidade do século XIII, a Fez el-Jedid; e a Ville Nouvelle, ou seja onde está o centro de negócios da cidade, com modernas vias, hotéis e restaurantes.

Visite a medina, passeie nos souks, na área onde são tingidos os curtumes, visite o Palácio Real, o Mellah e o antigo quarteirão judeu. E há muito mais para ver e visitar em Fez, incluindo a universidade mais antiga do mundo. Veja a nossa página com hotéis em Fez.

Marraquexe Marrocos

Marraquexe Marrocos

Marraquexe Marrocos

Medina Marraquexe Marrocos

Medina Marraquexe Marrocos

Marraquexe foi fundada em 1062 e é uma das cidades marroquinas mais conhecidas e também uma das que recebe mais turistas.

É apelidada de cidade vermelha, pela cor dos seus edifícios na medina onde está concentrada toda a história local.

É na praça Djemaa el Fna que se reúnem locais e visitantes. De dia com vendedores de sumos e fruta, à noite com restaurantes e contadores de histórias, ao lado de encantadores de serpentes.

Marraquexe é uma cidade mítica e mística. Outros locais para ver em Marraquexe: a mesquita Koutoubia, os Jardins Majorelle, os jardins La Ménara, os museus, os souks e as tinturarias de Marraquexe, entre muitos outros. Veja a nossa página com hotéis em Marrakech.

Vídeo da cidade Marraquexe:

Meknes Marrocos

Centro Historico de Meknes

Centro Historico de Meknes

A história desta cidade começa num povoado no século VIII, mas apenas foi fundada em 1672 e é uma das cidades imperiais de Marrocos.

Foi capital do reino, entre 1672 e 1727, e o seu centro histórico está classificado como Património da Humanidade, pela UNESCO, desde 1986. Fica a 150Km de Rabat e a 60Km de Fez.

Tem uma tripla muralha, bem conservada apesar do passar dos séculos. O nome Meknès vem da tribo berbere Meknassa. Pode visitar os mausoléus de personalidades como Moulay Ismail, por exemplo, a mesquita Néjjarine, a Grande Mesquita, museus e palácios.

Ouarzazate Marrocos

Ouarzazate Marrocos

Ouarzazate Marrocos

Kasbah de Taourirt em Ouarzazate

Kasbah de Taourirt em Ouarzazate

Ouarzazate é uma espécie de capital do sul do país e apelidada de “porta do deserto”, fazendo a passagem das montanhas do Atlas para o deserto do Saara.

As montanhas e as planícies transformaram Ouarzazate como uma espécie de Hollywood marroquina.

É que é, nesta zona, que foram e são filmados inúmeros filmes, como o “Lawrence da Arábia”, “Babel” ou “Asterix e Obelix – Missão Cleópatra”, por exemplo. Aliás, a fita “Lawrence da Arábia” foi filmada na pequena aldeia de Ait-Benhaddou. É um dos primeiros locais UNESCO Património Mundial em Marrocos sendo a sua inscrição feita em 1987..

É em Ouarzazate que estão vários estúdios de filmagens e um museu do cinema. Os casbás são também locais de interesse turístico, assim como os bairros antigos, praias fluviais e mercados.

Agadir Marrocos

Mar em Agadir, Praia em Marrocos

Mar em Agadir, Praia em Marrocos

Tem muitos locais para visitar, mas Agadir é principalmente conhecida pelas suas praias. A cidade foi fundada pelos portugueses, em 1500, e chamava-se Santa Cruz do Cabo de Gué. O nome – Agadir – significa muralha ou fortaleza em berbere.

Pouco se sabe desta cidade antes do século XII, altura em que aparecem as primeiras referências. Visite o jardim de Portugal e os muitos museus da cidade. Claro que uma ida à praia é quase obrigatória.

Já em 1731 tinha sido documentado um terramoto na zona mas, o de 1960, foi muito destrutivo, levando muitas vidas e destruindo a cidade que foi posteriormente reconstruída e tornada mais moderna.

Essaouira Marrocos

Essaouira Marrocos

Essaouira Marrocos

Muralhas da medina antiga de Essaouira Marrocos

Muralhas da medina antiga de Essaouira Marrocos

Essaouira fica situada na costa Atlântica e foi apelidada de Mogador pelos portugueses no início do século XVI. É muito procurada pelas suas praias, mas também pelas dunas e pelo centro histórico pitoresco que merece uma atenta visita.

A mistura arquitectónica de influências medievais com outras do século XVIII tornam-na um ponto de visita para muitos turistas. O centro histórico foi, aliás, classificado como Património Mundial em 2009 pela sua riqueza monumental.

Fica a 180Km de Marraquexe e muita gente aproveita para visitar estas duas cidades e fazer praia em Essaouira. Principalmente no Verão, as praias estão cheias. Agadir também fica a 175Km de Essaouira. Estima-se que a sua fundação tenha sido no século VII a.C.

Tânger Marrocos

Loja com artesanato em Tanger no Norte de Marrocos

Loja com artesanato em Tanger no Norte de Marrocos

Pela sua localização, no noroeste do país, acaba por ser uma cidade que mistura as culturas europeia e marroquina. Fica a 60Km de Gibraltar e a 14Km de Tarifa e isso faz com que seja a porta de entrada de muitos turistas que vêm da Europa.

A data de fundação da cidade é do século V a.C. e desde sempre foi palco de disputas territoriais, precisamente devido à sua localização estratégica. Em 1912 foi declarada zona internacional, sob a administração de variados países.

Aquando da independência de Marrocos, em 1956, foi integrada neste reino. O que deve visitar em Tânger: o Museu da Kasbah, os jardins do sultão, as ruas de comércio, onde pode comprar as especiarias e outros artigos típicos.

Também tem legado português arquitectónico como a Catedral de Nossa Senhora da Conceição. Veja a nossa página com hotéis em Tânger.