História de Marrocos – Descobrir o passado marroquino

HISTORIA MARROCOS
HISTORIA MARROCOS

A história de Marrocos reflecte o rico passado deste reino norte africano.

Em 685 dC. os exércitos árabes invadem o Norte de África introduzindo o Islão e o árabe.

Em 711 os muçulmanos marroquinos invadem o território Ibérico.

Os berbéres chegaram a Marrocos há cerca de 3000 anos atrás.

Em 788 berberes e árabes unificam-se para um estado marroquino independente.

Em meados do século 11, os Almorávidas conquistam Marrocos construindo assim um império muçulmano.

Sultão Moulay Sharif Abderrahmane pintura de Delacroix
Sultão Moulay Sharif Abderrahmane pintura de Delacroix

A dinastia Almóadas sucedeu aos Almorávidas.

A presente dinastia real chama-se Alauita e entrou no poder em 1660.

O nome vem de Alaouite Ali, o fundador da dinastia Moulay Ali Cherif que se tornou sultão de Tafilalt em 1631.

Em 1912 Marrocos é inserido como protectorado francês e espanhol em algumas partes do território.

Abd al-Krim começou a revolta contra a presença europeia em território marroquino nos anos 1921 até 1926.

Em 1956 Marrocos ganha independência total do território excepto nas cidades autónomas de Ceuta e Melilla.

Marcha verde em Marrocos
Marcha Verde de Novembro de 1975 para forçar Espanha a entregar o território disputado do Saara Espanhol a Marrocos

Em 1957 Marrocos tornou-se numa monarquia constitucional.

O Sultão Sidi Mohammed mudou então o seu título para Rei Mohammed V.

Em 1961 o filho de Mohammed V, Hassan II tornou-se o rei de Marrocos.

Em 1979 Marrocos assume o controlo do Saara Ocidental refazendo então assim o antigo mapa do reino de Marrocos já criado por dinastias anteriores.

Em 1999 o rei Hassan II morre e o seu filho Mohammed VI torna-se então o novo rei de Marrocos.

O nome de todas as dinastias marroquinas:

Idríssidas, Almorávidas, Almóadas, Merínidas, Oatácidas‎, Saadianos‎ e Casa de Alaoui.