Turismo em Essaouira aumenta, Hotéis cheios para o Ano Novo

Barcos azuis e cidade de Essaouira em Marrocos
Barcos azuis e cidade de Essaouira em Marrocos

Essaouira, a famosa “cidade do vento” de Marrocos, com a sua medina antiga inserida na lista de Património Mundial da UNESCO, recebeu 15% mais turistas nos primeiros 10 meses de 2018 do que no mesmo período de 2017.

Os principais hotéis em Essaouira registaram uma taxa de ocupação de 100 por cento na véspera de Ano Novo em Marrocos, um final positivo para um ano promissor para o turismo da cidade costeira.

As dormidas aumentaram 10% e o número total de visitantes aumentou 15% durante os primeiros dez meses de 2018, em comparação com o mesmo período de 2017, segundo a Delegação Provincial de Turismo.

O presidente do Conselho Provincial de Turismo de Essaouira, Redouan Khan, disse que o afluxo de turistas europeus foi muito bom e que Essaouira se tornou num destino turístico de preferência.

Khan expressou o seu agradecimento pelos esforços do sector de turismo para tornar Essaouira num ambiente limpo, seguro e acolhedor e oferecer serviços de qualidade aos seus visitantes.

O clima da cidade, a proximidade da Europa, a abertura dos seus habitantes e a riqueza da sua herança cultural fazem de Essaouira um local perfeito para eventos de arte e cultura. Todos os anos, Essaouira recebe vários festivais, incluindo o Festival de Música Mundial de Gnaoua, em junho.

A “cidade do vento” é perfeita para o surf em Marrocos, e os visitantes podem passar tempo de qualidade a pescar ou a praticar os seus desportos aquáticos favoritos. Para os fãs das compras, os souks na medina (cidade velha), Património Mundial da Humanidade em Marrocos, oferecem uma variedade de lembranças e artesanato tradicionais finamente trabalhados.

Várias organizações trabalharam para melhorar o turismo em Essaouira, incluindo o Ministério do Turismo, o Escritório Nacional de Aeroportos (ONDA) e a Associação Essaouira Mogador.

Segundo Khan, o conselho dobrou os seus esforços para lançar vôos directos ligando Essaouira a Londres, Madrid e Barcelona.

O conselho também está a planear garantir um voo entre Essaouira e as Ilhas Canárias, que, segundo Khan, garantiria mais turistas.

Construído há 20 anos, o Aeroporto Internacional Mogador de Essaouira aumentou o tráfego anual de passageiros de 26.000 em 2007 para 95.000 passageiros em 2018. O número aumenta aproximadamente 12% ao ano.

O Aeroporto de Mogador é o 11º mais movimentado dos aeroportos em Marrocos e serve 24 destinos diferentes todas as semanas.

Em 26 de Dezembro, o aeroporto comemorou a chegada do seu 100 mil viajante vindo de Bordéus, na França.

A 22 de Outubro de 2018, o rei de Marrocos Mohammed VI presidiu a uma cerimonia de assinatura de programas de restauro da medina de Essaouira. O governo financiou cerca de 300 milhões de Dirhams marroquinos para restaurar a medina de Essaouira.

Ver ainda »