O que é o Eid al-Fitr? O fim do jejum do Ramadão

O Aid ou Eid al-Fitr é a celebração que marca o fim do jejum do Ramadão uma das mais importantes datas para os muçulmanos.

Eid al-Fitr em Marrocos
Eid al-Fitr em Marrocos

O Ramadão é o nono mês do calendário islâmico, e é nessa altura que é feito o ritual do jejum – este é um dos cinco pilares do Islão, que inclui observar as obrigações do Ramadão.

Curiosidade: o Ramadão é feito no nono mês porque segundo a religião foi nesse mês que foi revelado o Alcorão, que é o livro sagrado do Islão.

O jejum, obrigatório para todos os muçulmanos, é anulado se beber, fumar, comer ou tiver relações sexuais, antes do nascer do dia até ao anoitecer. E durante o mês do Ramadão é acrescentada, às cinco orações diárias, uma sexta, que é nocturna.

Mas, os muçulmanos nunca ficam totalmente sem comer. Podem comer e beber de madrugada, antes de nascer o sol, e ao final do dia, no crepúsculo. Quando acaba o mês de jejum é feita esta celebração.

Vídeo com reza do Eid al-Fitr

O Eid al-Fitr ou Aid marca o finalizar do jejum e realiza-se quando é vista a lua nova e quando começa o décimo mês do calendário islâmico, o Shawwal. O nome Eid al-Fitr significa literalmente “celebração do fim do jejum”.

Conta a história que o primeiro Eid al-Fitr terá sido assinalado e celebrado em 624, pelo profeta Maomé e seus familiares, como forma de celebração pela vitória na Batalha de Badr.

Actualmente é uma festa. Vestem-se as melhores roupas, e no final do Ramadão, o Eid al-Fitr é celebrado com uma oração a meio da manhã, que poderá ser realizada ao ar livre, em espaços amplos, para receberem todos os muçulmanos.

Antes desta oração é recitado o Takbir – nome que, em árabe, significa Allahu Akbar, ou seja, “Deus é grande” – que refere a grandeza de Deus. Depois desta oração é feito um sermão, chamado de khutba, e uma nova oração de pedido de perdão para os muçulmanos espalhados pelo mundo.

Comida para o Aid
Comida para o Aid

A celebração do Eid al-Fitr inclui também a organização de um almoço e, porque é o primeiro depois do início do jejum de um mês, é sempre uma festa e com uma refeição muito rica – e muita comida é distribuída pelos mais desfavorecidos. A reunião familiar, à mesa, pode ser feita em casas de familiares e as crianças podem inclusive receber prendas.

Esta celebração pode assumir várias formas mas é quase sempre uma festa. Muitos muçulmanos aproveitam esta altura do ano para visitarem os familiares e com eles celebrarem o final do Ramadão.

As famílias saem à rua, com gente de todas as idades, que aproveitam para conviver e até divertir-se com passeios por espaços verdes, parques de diversões, praias e outros locais ao ar livre.

Agencia de Viagens em Marrocos